Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fisher, do BC dos EUA, quer fim de estímulo em outubro



09/06/2014 | 00:32


O presidente da distrital de Dallas do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Richard Fisher, disse em entrevista ao jornal japonês Nikkei que irá propor o fim do programa de alívio quantitativo em outubro.

Fisher também reforçou que o momento para a elevação dos juros dependerá das condições econômicas, mais especificamente do mercado de trabalho e das pressões positivas sobre os preços.

Nas últimas reuniões, a autoridade monetária dos EUA tem reduzido as compras mensais de ativos em US$ 10 bilhões. Se o Fed mantiver esse ritmo em cada reunião de política monetária, em outubro restarão US$ 15 bilhões do programa. Para ele, não faz sentido continuar com o ritmo de cortes de US$ 10 bilhões até o fim do programa, mantendo apenas US$ 5 bilhões em estímulos antes da reunião de dezembro. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;