Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Odebrecht compra empresa de terminais



31/08/2009 | 07:02


A construtora Odebrecht e a operadora de portos DP World, empresa controlada pelo governo de Dubai, anunciaram que compraram uma participação majoritária na Embraport, Empresa Brasileira de Terminais Portuários, porto que está sendo construído na cidade de Santos.

Os detalhes financeiros não foram revelados. Sob os termos do pacto, o brasileiro Grupo Coimex vai reduzir sua fatia no projeto, mas permanecerá envolvido na obra.

O acordo marca a entrada da DP World no mercado brasileiro. As operações que a companhia já possui na América do Sul incluem portos na Argentina e na Venezuela. "Essa é uma oportunidade sem paralelos de entrar na maior economia da América Latina e estabelecer uma posição forte na costa leste, ampliando a rede que já possuímos na região para expandir a oferta para nosso clientes", afirmou o executivo-chefe da empresa, Mohammed Sharaf.

A primeira fase da Embraport deverá custar US$ 500 milhões e ser inaugurada em 2012. O porto será destinado principalmente a embarcar contêineres e etanol.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Odebrecht compra empresa de terminais


31/08/2009 | 07:02


A construtora Odebrecht e a operadora de portos DP World, empresa controlada pelo governo de Dubai, anunciaram que compraram uma participação majoritária na Embraport, Empresa Brasileira de Terminais Portuários, porto que está sendo construído na cidade de Santos.

Os detalhes financeiros não foram revelados. Sob os termos do pacto, o brasileiro Grupo Coimex vai reduzir sua fatia no projeto, mas permanecerá envolvido na obra.

O acordo marca a entrada da DP World no mercado brasileiro. As operações que a companhia já possui na América do Sul incluem portos na Argentina e na Venezuela. "Essa é uma oportunidade sem paralelos de entrar na maior economia da América Latina e estabelecer uma posição forte na costa leste, ampliando a rede que já possuímos na região para expandir a oferta para nosso clientes", afirmou o executivo-chefe da empresa, Mohammed Sharaf.

A primeira fase da Embraport deverá custar US$ 500 milhões e ser inaugurada em 2012. O porto será destinado principalmente a embarcar contêineres e etanol.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;