Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ex-policial morre após discussão em
festa em São Bernardo

Divulgação/ Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vítima, de 35 anos, foi alvejada por quatro tiros nas pernas; acusado é o proprietário da casa que estava acontecendo o evento


Da Redação
Do Diário do Grande ABC

21/11/2021 | 15:42


Um ex-policial militar, de 35 anos, que ainda não teve seu nome divulgado, foi baleado e morto em uma festa, na noite deste sábado (20), na Estrada Martim Afonso de Souza, Vila Balneária, em São Bernardo. O acusado por matar o ex-policial é o organizador do evento e empresário, de 59 anos. Os disparos teriam acontecido após uma discussão entre os dois no local. 

De acordo com informações do BO (Boletim de Ocorrência), o crime aconteceu por volta das 2h, foi quando a equipe de policiais chegou na casa e uma pessoa apareceu por cima de um muro e informou que abrir para os policiais. Essa pessoa seria o ex-policial que ele mesmo teria chamado a polícia após sofrer ameaças do empresário. Minutos depois e antes do portão ser aberto, a equipe ouviu aproximadamente sete disparos, foi quando entraram na casa após arrombamento. 

Já no imóvel, encontraram a vítima caída no chão. Um pouco à frente do corpo, o proprietário da casa conversou com os policiais e disse que o ex-policial "seria um ladrão" que estaria na casa e os disparos foi legítima defesa. Ainda conforme o BO, o proprietário estava "embriagado e emocionalmente abalado". O socorro foi chamado para a vítima, mas o ex-policial morreu no local. 

Segundo esclarecimentos da perícia ao boletim, a vítima foi alvejada na parte inferior, sendo encontrada com quatro perfurações nas pernas. O ex-policial sofreu hemorragia nas pernas. O acusado foi encontrado na posse de uma pistola equipada com oito munições e um carregador com capacidade total (17 munições), ele foi preso e autuado em flagrante delito. 

Na delegacia, também prestaram depoimento o filho do acusado, que comentou que a vítima era "amigo da família" e o caseiro da propriedade, que contou que estava dormindo na hora dos disparos. O caso foi registrado no 3º DP da cidade. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;