Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema quer retormar negociação sobre Ruyce


Do Diário do Grande ABC

04/01/2011 | 07:25


A Prefeitura de Diadema informou que vem prestando auxílio às famílias do Núcleo Barão de Uruguaiana, no Jardim Ruyce, que tiveram suas moradias atingidas pelo fogo na madrugada de sábado. As causas do incêndio ainda não foram reveladas.

No sábado, as 18 famílias prejudicadas se reuniram com a Prefeitura e instituíram uma comissão de moradores para acompanhar o caso. Eles têm recebido doações de roupas e alimentos na própria área.

A administração colocou à disposição dos moradores material para reconstrução das unidades habitacionais, cerca de 80 colchões, 80 cobertores e 18 cestas básicas. Por decisão dos moradores, esses itens serão entregues assim que as unidades forem reconstruídas.

Desde 2007, a Prefeitura tenta encontrar solução com a Ecovias (responsável pela área onde se instalou o núcleo) e o Estado para resolver a situação dos moradores.

A Prefeitura, que realiza atendimento emergencial, afirma que a solução definitiva, tanto para os que foram vitimados pelos incêndio quanto para os outros residentes, precisa do envolvimento do governo do Estado e da concessionária. Segundo a administração, até o momento, nenhuma das partes demonstrou interesse.

O objetivo, segundo a Prefeitura, é a construção de moradias em parceria com o CDHU.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema quer retormar negociação sobre Ruyce

Do Diário do Grande ABC

04/01/2011 | 07:25


A Prefeitura de Diadema informou que vem prestando auxílio às famílias do Núcleo Barão de Uruguaiana, no Jardim Ruyce, que tiveram suas moradias atingidas pelo fogo na madrugada de sábado. As causas do incêndio ainda não foram reveladas.

No sábado, as 18 famílias prejudicadas se reuniram com a Prefeitura e instituíram uma comissão de moradores para acompanhar o caso. Eles têm recebido doações de roupas e alimentos na própria área.

A administração colocou à disposição dos moradores material para reconstrução das unidades habitacionais, cerca de 80 colchões, 80 cobertores e 18 cestas básicas. Por decisão dos moradores, esses itens serão entregues assim que as unidades forem reconstruídas.

Desde 2007, a Prefeitura tenta encontrar solução com a Ecovias (responsável pela área onde se instalou o núcleo) e o Estado para resolver a situação dos moradores.

A Prefeitura, que realiza atendimento emergencial, afirma que a solução definitiva, tanto para os que foram vitimados pelos incêndio quanto para os outros residentes, precisa do envolvimento do governo do Estado e da concessionária. Segundo a administração, até o momento, nenhuma das partes demonstrou interesse.

O objetivo, segundo a Prefeitura, é a construção de moradias em parceria com o CDHU.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;