Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Praias e agitação


Margareth Meza
Especial para o Diário

31/01/2008 | 07:05


Balneário Camboriú, município localizado 80 quilômetros ao Norte de Florianópolis, em Santa Catarina, é destino certo aos que desejam aproveitar boas praias, vida noturna agitada e até se aventurar em vôos livres que partem do Morro do Careca, um dos principais pontos turísticos do município.

Fora do Brasil, a estância de pouco mais de 94 mil habitantes chama atenção principalmente de argentinos, chilenos, paraguaios e uruguaios, que a transformaram na sexta cidade brasileira mais visitada por estrangeiros quando o motivo da viagem é o lazer.

O dado faz parte da pesquisa Demanda Turística Internacional 2006, realizada pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para o Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

Entre outras constatações, o estudo apurou que a maior parte dos turistas que vêm ao Brasil tem entre 32 e 50 anos, cursou o ensino superior e já esteve no País outras vezes. Além disso, costumam gastar US$ 73,53 (a passeio) por dia e permanecer entre 18 e 19 dias.

Florianópolis e Balneário Camboriú são os roteiros que mais recebem visitantes em Santa Catarina, de acordo com informações da Santur, o órgão oficial de turismo do Estado. “Florianópolis é a mais procurada entre os estrangeiros enquanto que Camboriú lidera em território nacional”, afirma Valdir Rubens Walendowsky, presidente da Santur.

Outra análise, elaborada pela Secretaria Municipal de Turismo e Comércio em 2007, concluiu que 98% dos viajantes partem com a intenção de voltar. O estudo, elaborado com pessoas que estiveram na cidade entre 2002 e 2006, também constatou que a maioria dos turistas são catarinenses, seguidos por gaúchos, paulistas e mineiros.

Além disso, de acordo com a mesma secretaria, em 2007 o destino recebeu 2,9 milhões de turistas. Para este ano, a estimativa é de que ocorra um crescimento de 10% em comparação ao número da temporada passada. Para se ter idéia, no último Réveillon 480 mil pessoas estiveram em Balneário Camboriú com o intuito de assistir aos espetáculos de luzes e fogos de artifício.

MOTIVOS

Tanta procura por brasileiros e estrangeiros tem motivo: Balneário Camboriú possui nove praias ao longo de 40 quilômetros de costa. Ao Sul, estão Laranjeiras, Taquarinhas, Taquaras, Pinho, Estaleiro e Estaleirinho. Ao Norte, se encontram os balneários de Canto e Buraco.

Além do mar, é possível usufruir da gastronomia local em restaurantes especializados em massas ou frutos do mar, com cardápios tupiniquins e internacionais, é a imperdível seqüência de camarão.

Para os que não abrem mão de ir às compras depois, ou mesmo antes das refeições, há dois shoppings, um na região central e outro próximo à BR-101, que corta a cidade.

Após boa comida, praia e sessões de consumo, há danceterias, bares e cervejarias com ambientes diversificados, para todos os gostos e faixas etárias.

Na orla, é possível optar por restaurantes, cafés coloniais, sorveterias e bares, prontos a atender freqüentadores a qualquer hora do dia e da noite.

E toda essa infra-estrutura turística está amparada por 98 hotéis e 33 pousadas, que somam mais de 18 mil leitos para servir quem busca belas praias e muita agitação.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Praias e agitação

Margareth Meza
Especial para o Diário

31/01/2008 | 07:05


Balneário Camboriú, município localizado 80 quilômetros ao Norte de Florianópolis, em Santa Catarina, é destino certo aos que desejam aproveitar boas praias, vida noturna agitada e até se aventurar em vôos livres que partem do Morro do Careca, um dos principais pontos turísticos do município.

Fora do Brasil, a estância de pouco mais de 94 mil habitantes chama atenção principalmente de argentinos, chilenos, paraguaios e uruguaios, que a transformaram na sexta cidade brasileira mais visitada por estrangeiros quando o motivo da viagem é o lazer.

O dado faz parte da pesquisa Demanda Turística Internacional 2006, realizada pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para o Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

Entre outras constatações, o estudo apurou que a maior parte dos turistas que vêm ao Brasil tem entre 32 e 50 anos, cursou o ensino superior e já esteve no País outras vezes. Além disso, costumam gastar US$ 73,53 (a passeio) por dia e permanecer entre 18 e 19 dias.

Florianópolis e Balneário Camboriú são os roteiros que mais recebem visitantes em Santa Catarina, de acordo com informações da Santur, o órgão oficial de turismo do Estado. “Florianópolis é a mais procurada entre os estrangeiros enquanto que Camboriú lidera em território nacional”, afirma Valdir Rubens Walendowsky, presidente da Santur.

Outra análise, elaborada pela Secretaria Municipal de Turismo e Comércio em 2007, concluiu que 98% dos viajantes partem com a intenção de voltar. O estudo, elaborado com pessoas que estiveram na cidade entre 2002 e 2006, também constatou que a maioria dos turistas são catarinenses, seguidos por gaúchos, paulistas e mineiros.

Além disso, de acordo com a mesma secretaria, em 2007 o destino recebeu 2,9 milhões de turistas. Para este ano, a estimativa é de que ocorra um crescimento de 10% em comparação ao número da temporada passada. Para se ter idéia, no último Réveillon 480 mil pessoas estiveram em Balneário Camboriú com o intuito de assistir aos espetáculos de luzes e fogos de artifício.

MOTIVOS

Tanta procura por brasileiros e estrangeiros tem motivo: Balneário Camboriú possui nove praias ao longo de 40 quilômetros de costa. Ao Sul, estão Laranjeiras, Taquarinhas, Taquaras, Pinho, Estaleiro e Estaleirinho. Ao Norte, se encontram os balneários de Canto e Buraco.

Além do mar, é possível usufruir da gastronomia local em restaurantes especializados em massas ou frutos do mar, com cardápios tupiniquins e internacionais, é a imperdível seqüência de camarão.

Para os que não abrem mão de ir às compras depois, ou mesmo antes das refeições, há dois shoppings, um na região central e outro próximo à BR-101, que corta a cidade.

Após boa comida, praia e sessões de consumo, há danceterias, bares e cervejarias com ambientes diversificados, para todos os gostos e faixas etárias.

Na orla, é possível optar por restaurantes, cafés coloniais, sorveterias e bares, prontos a atender freqüentadores a qualquer hora do dia e da noite.

E toda essa infra-estrutura turística está amparada por 98 hotéis e 33 pousadas, que somam mais de 18 mil leitos para servir quem busca belas praias e muita agitação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;