Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Atos pró-Bolsonaro são registrados na região e Capital

Manifestações convocadas pelas redes sociais tiveram adesão em várias cidades do País


Fabio Martins
Diário do Grande ABC

22/10/2018 | 07:00


Manifestantes contra o PT e que apoiam a candidatura do presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, realizaram atos de rua no Grande ABC na manhã de ontem, que se concentraram nas regiões centrais de Santo André, São Bernardo e São Caetano.

Convocadas pelas redes sociais, as atividades também foram registradas na Avenida Paulista, em São Paulo, além de incluir na rota a maioria das capitais do País, com grande adesão de populares – embora sem estimativa oficial sobre números de participantes – e poucos políticos.

Em Santo André, os apoiadores de Bolsonaro se reuniram no Paço. Com camisetas verde e amarelo, os manifestantes fizeram passeata, entre gritos de ordem “a favor do Brasil”, em torno da Praça IV Centenário. Um dos líderes do MBL (Movimento Brasil Livre) na região, Márcio Colombo citou que os grandes atos ocorreram nas capitais, alegando que a quantidade de pessoas que tomam as ruas a uma semana da eleição “demonstra que o povo está retomando o País para si”. “Os brasileiros não toleram mais corrupção, discurso populista. Estou convicto que a inclinação está para a direita, e será muito difícil a esquerda reverter essa força neste momento.”

Na vizinha São Bernardo, a concentração se deu na Praça da Igreja Matriz, com caminhão de som e carros adesivados. O comboio se encerrou às 16h. Com reduto na cidade, o deputado estadual eleito Coronel Nishikawa (PSL) participou da carreata e disse que o ato foi bem recebido pelas pessoas nas ruas. “Houve boa aceitação. Muitas pessoas buzinaram e acenaram para nós.” Nishikawa fará parte da bancada da região a partir de 2019.

Na Paulista, movimentos, como o MBL e Vem pra Rua, atravessaram caminhões de som. Foram feitos discursos contra o PT, o candidato petista Fernando Haddad e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso pela Lava Jato. Candidato ao Estado pelo PSDB, João Doria, compareceu no ato. (colaborou Daniel Tossato) 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atos pró-Bolsonaro são registrados na região e Capital

Manifestações convocadas pelas redes sociais tiveram adesão em várias cidades do País

Fabio Martins
Diário do Grande ABC

22/10/2018 | 07:00


Manifestantes contra o PT e que apoiam a candidatura do presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, realizaram atos de rua no Grande ABC na manhã de ontem, que se concentraram nas regiões centrais de Santo André, São Bernardo e São Caetano.

Convocadas pelas redes sociais, as atividades também foram registradas na Avenida Paulista, em São Paulo, além de incluir na rota a maioria das capitais do País, com grande adesão de populares – embora sem estimativa oficial sobre números de participantes – e poucos políticos.

Em Santo André, os apoiadores de Bolsonaro se reuniram no Paço. Com camisetas verde e amarelo, os manifestantes fizeram passeata, entre gritos de ordem “a favor do Brasil”, em torno da Praça IV Centenário. Um dos líderes do MBL (Movimento Brasil Livre) na região, Márcio Colombo citou que os grandes atos ocorreram nas capitais, alegando que a quantidade de pessoas que tomam as ruas a uma semana da eleição “demonstra que o povo está retomando o País para si”. “Os brasileiros não toleram mais corrupção, discurso populista. Estou convicto que a inclinação está para a direita, e será muito difícil a esquerda reverter essa força neste momento.”

Na vizinha São Bernardo, a concentração se deu na Praça da Igreja Matriz, com caminhão de som e carros adesivados. O comboio se encerrou às 16h. Com reduto na cidade, o deputado estadual eleito Coronel Nishikawa (PSL) participou da carreata e disse que o ato foi bem recebido pelas pessoas nas ruas. “Houve boa aceitação. Muitas pessoas buzinaram e acenaram para nós.” Nishikawa fará parte da bancada da região a partir de 2019.

Na Paulista, movimentos, como o MBL e Vem pra Rua, atravessaram caminhões de som. Foram feitos discursos contra o PT, o candidato petista Fernando Haddad e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso pela Lava Jato. Candidato ao Estado pelo PSDB, João Doria, compareceu no ato. (colaborou Daniel Tossato) 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;