Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Justiça Eleitoral apresenta Zezão e Alemão Duarte como vereadores eleitos de Sto.André

Pedetista e petista assumem vagas de Araújo e Montorinho, que tiveram candidaturas barradas


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

22/11/2016 | 07:00


A Justiça Eleitoral deu indícios de que os antes suplentes Alemão Duarte (PT) e José Teixeira Mendes, o Zezão (PDT), da coligação PT-PDT-PSD, serão considerados vereadores eleitos de Santo André para a legislatura 2017-2020. Eles vão substituir os parlamentares José de Araújo (PSD) e José Montoro Filho, o Montorinho (PT), respectivamente, que tiveram a candidatura indeferida enquadrados na Lei da Ficha Limpa por rejeição de suas contas à época em que presidiram a Câmara. Ambos hoje detentores de mandato constam no portal do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com votação anulada.

Araújo, com 3.696 votos, e Montorinho, que obteve 3.956 sufrágios, entraram com recurso para tentar reverter a decisão desfavorável, devido ao pagamento de ajuda de custo aos parlamentares, à época. Apesar do imbróglio, os votos foram computados, dando nova composição à Câmara, mas mantendo o número de cadeiras do arco petista, formado pelo prefeito Carlos Grana (PT). Alemão e Zezão ainda não foram notificados pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo). Os cartórios marcaram a data da diplomação na cidade para dia 14, no Legislativo – caso o plenário fique impossibilitado da utilização, por conta das reformas no prédio, o auditório do anfiteatro Heleny Guariba, no Paço, deve ser usado.

Ligado ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Alemão obteve 2.751 votos na disputa de outubro. No atual mandato, o petista assumiu a vaga no lugar do vereador licenciado e secretário de Cultura andreense, Tiago Nogueira (PT), exercendo o cargo desde o começo da legislatura. Zezão, por sua vez, é dirigente do Guaraciaba, time de várzea da cidade e ex-presidente da Liga Santoandreense de Futebol Amador. O pedetista registrou 2.553 sufrágios. Eles aparecem no site entre os 21 eleitos. “Estamos aguardando até a data da diplomação. Neste meio tempo, no momento, resta acompanhar com advogados a decisão oficial. Não houve nada (notificação) até agora nem do TRE ou da Câmara. É pé no chão. Obviamente que quero ser eleito, ter mandato. Com isso, claro que estou ansioso, mas esperando (o resultado)”, pontuou Zezão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Justiça Eleitoral apresenta Zezão e Alemão Duarte como vereadores eleitos de Sto.André

Pedetista e petista assumem vagas de Araújo e Montorinho, que tiveram candidaturas barradas

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

22/11/2016 | 07:00


A Justiça Eleitoral deu indícios de que os antes suplentes Alemão Duarte (PT) e José Teixeira Mendes, o Zezão (PDT), da coligação PT-PDT-PSD, serão considerados vereadores eleitos de Santo André para a legislatura 2017-2020. Eles vão substituir os parlamentares José de Araújo (PSD) e José Montoro Filho, o Montorinho (PT), respectivamente, que tiveram a candidatura indeferida enquadrados na Lei da Ficha Limpa por rejeição de suas contas à época em que presidiram a Câmara. Ambos hoje detentores de mandato constam no portal do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com votação anulada.

Araújo, com 3.696 votos, e Montorinho, que obteve 3.956 sufrágios, entraram com recurso para tentar reverter a decisão desfavorável, devido ao pagamento de ajuda de custo aos parlamentares, à época. Apesar do imbróglio, os votos foram computados, dando nova composição à Câmara, mas mantendo o número de cadeiras do arco petista, formado pelo prefeito Carlos Grana (PT). Alemão e Zezão ainda não foram notificados pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo). Os cartórios marcaram a data da diplomação na cidade para dia 14, no Legislativo – caso o plenário fique impossibilitado da utilização, por conta das reformas no prédio, o auditório do anfiteatro Heleny Guariba, no Paço, deve ser usado.

Ligado ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Alemão obteve 2.751 votos na disputa de outubro. No atual mandato, o petista assumiu a vaga no lugar do vereador licenciado e secretário de Cultura andreense, Tiago Nogueira (PT), exercendo o cargo desde o começo da legislatura. Zezão, por sua vez, é dirigente do Guaraciaba, time de várzea da cidade e ex-presidente da Liga Santoandreense de Futebol Amador. O pedetista registrou 2.553 sufrágios. Eles aparecem no site entre os 21 eleitos. “Estamos aguardando até a data da diplomação. Neste meio tempo, no momento, resta acompanhar com advogados a decisão oficial. Não houve nada (notificação) até agora nem do TRE ou da Câmara. É pé no chão. Obviamente que quero ser eleito, ter mandato. Com isso, claro que estou ansioso, mas esperando (o resultado)”, pontuou Zezão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;