Fechar
Publicidade

Sábado, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Dólar dispara a R$ 5,45 com aversão ao risco global e tensão no País com fiscal

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


19/08/2021 | 09:45


O mercado de câmbio não tem trégua e o dólar volta a subir mais de 1% na manhã desta quinta-feira, 19, já testando a máxima a R$ 5,4565 - maior valor intradia desde 4 de maio (R$ 5,4839), puxando a curva de juros para cima.

Os investidores precificam o tombo das commodities em meio à aversão a risco no exterior, após os membros do Federal Reserve terem defendido na ata da reunião de julho que a redução na compra de ativos ("tapering") ocorra antes do fim deste ano por conta do risco de que a alta recente na leitura da inflação seja mais persistente do que o previsto.

Há cautela também com o impacto da variante delta do coronavírus na retomada econômica mundial e com um possível aperto regulatório na China. Também o mercado local sustenta desconfianças sobre os fundamentos fiscais do País em ambiente de crise sanitária e ruídos político-institucional.

Com cenário tão adverso, o Tesouro divulgou antecipadamente edital do leilão de LTN, NTN-F e LFT de hoje, que era previsto para 11h, e reduziu a oferta de papéis, após já ter colocada uma oferta pequena de NTN-B na terça-feira.

Já o mercado de câmbio avalia que é possível o Banco Central fazer leilão de swap cambial ou de moeda no mercado à vista, uma vez que o avanço do dólar ante o real é bem maior do que a valorização da moeda americana frente pares principais e moedas emergentes ligadas a commodities.

Às 9h22 desta quinta-feira, o dólar à vista desacelerava e subia 0,83%, a R$ 5,4180. O dólar futuro de setembro ganhava 0,57%, a R$ 5,4255.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;