Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Sandrecar implanta na região a revisão do carro zero km


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

12/04/2005 | 12:10


Controle total de qualidade para carros zero km. Esse é o serviço inédito implantado no Grande ABC pela rede de concessionárias Sandrecar, em parceria com a Ford. A inspeção prévia dos carros zero km da marca ocorre antes da entrega aos clientes. O objetivo: fazer com o cliente só volte à loja para a primeira revisão de fábrica, quando rodar 10 mil quilômetros ou seis meses de uso, segundo a gerente do serviço de PDI (em inglês, inspeção prévia de entrega) da Sandrecar, Silvia Chemlyk.

O PDI é um trabalho de verificação de mais de 50 itens (da mecânica, elétrica até a tapeçaria do carro) e de realização de reparos ou pequenos ajustes (calibragem de pneus, acerto no nível do óleo, colocação de dois litros de gasolina no tanque etc), para o cliente receber o veículo em ordem.

Para isso, a Sandrecar montou recentemente estrutura na filial de Mauá, na qual investiu R$ 80 mil, para vistoriar todos os carros comercializados pelas sete revendas (além da de Mauá, São Bernardo, Santo André e mais quatro em São Paulo) da empresa. Como parte do pacote do serviço, os carros novos vendidos pela concessionária têm dois anos de garantia. A normal de fábrica é de um ano. O PDI é gratuito, mas só vale para carros comprados na rede.

O centro de preparação de Mauá recebe 600 carros por mês para a inspeção e comercialização pela rede. Os veículos têm a checagem de itens elétricos (lâmpadas, volume de rádio, ar condicionado, comandos dos espelhos, e outros), da tapeçaria – se há manchas ou costuras mal feitas, por exemplo – e de itens mecânicos (verificação de óleo de motor, fluido de freio, pneus, mangueiras, caixa de direção, suspensão etc).

O serviço, que por enquanto foi adotado pela montadora apenas na Sandrecar e em uma rede de São Paulo, inclui ainda um pequeno teste de rodagem em pista. Na revenda de Mauá, foi montada uma pista des testes que inclui trecho de paralelepípedo, de lombada e outro trecho de terreno irregular. Após as verificações e eventuais reparos, os carros recebem o selo Satisfação Nota 10 Sandrecar.

Uma vez por semana, engenheiros da Ford vão até a unidade para acompanhar o PDI e compilar os dados de desvios dos padrões de qualidade. “Buscamos a melhoria contínua da qualidade, mas devido à produção seriada, é factível acontecer desvios. Dessa forma podemos nos ajustar para evitá-los. Além disso, podemos corrigir eventualidade que ocorra no transporte dos carros, muitos dos quais vêm da Bahia”, diz o gerente nacional de pós-venda da montadora, Oswaldo Jardim.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;