Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Dirceu diz que não há divergências com PSB sobre alianças


Do Diário OnLine

09/10/2002 | 10:08


O presidente nacional do PT, José Dirceu, afirmou na manhã desta quarta-feira que não há divergências com o PSB em relação a alianças que teriam sido formadas. Dirceu ressaltou que não foi feita nenhuma coligação com o PFL de Antonio Carlos Magalhães, por exemplo. O PT apenas recebeu apoio de figuras importantes, segundo ele.

“O PT recebeu apoio de ACM e de Sarney (ex-presidente José Sarney) e os recebeu de braços abertos porque estamos em um segundo turno. Não fizemos alianças políticas com eles. Estamos discutindo nosso programa com os partidos de oposição. Somos partidos (PT e PSB) que atuamos juntos. É bom lembrar que em 98 apoiamos três governadores eleitos do PSB”, afirmou.

Dirceu ainda disse acreditar que um acordo com o PSB é “uma questão de dias”. Nesta quarta-feira, o presidente do PT deve se reunir com lideranças do partido de Anthony Garotinho para discutir a aliança. O ex-governador do Rio condiciona o seu voto a Lula ao fim do apoio de figuras como ACM e Sarney.

Segundo Dirceu, Lula é quem tem a última palavra em relação a qualquer atitude tomada durante a campanha, apesar de a posição do partido influenciar muito. “Lula é consultado, ouvido e tem a última palavra. Se eleito, terá o mando e a autoridade de presidente da República”, disse.

Ainda durante a entrevista, Dirceu afirmou que o PT já garantiu a governabilidade com o número de parlamentares eleitos na eleição de domingo. “Lula já tem a governabilidade garantida, se eleito. Contando com os setores do PMDB que o apóiam, temos mais de 200 deputados e 30 senadores.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dirceu diz que não há divergências com PSB sobre alianças

Do Diário OnLine

09/10/2002 | 10:08


O presidente nacional do PT, José Dirceu, afirmou na manhã desta quarta-feira que não há divergências com o PSB em relação a alianças que teriam sido formadas. Dirceu ressaltou que não foi feita nenhuma coligação com o PFL de Antonio Carlos Magalhães, por exemplo. O PT apenas recebeu apoio de figuras importantes, segundo ele.

“O PT recebeu apoio de ACM e de Sarney (ex-presidente José Sarney) e os recebeu de braços abertos porque estamos em um segundo turno. Não fizemos alianças políticas com eles. Estamos discutindo nosso programa com os partidos de oposição. Somos partidos (PT e PSB) que atuamos juntos. É bom lembrar que em 98 apoiamos três governadores eleitos do PSB”, afirmou.

Dirceu ainda disse acreditar que um acordo com o PSB é “uma questão de dias”. Nesta quarta-feira, o presidente do PT deve se reunir com lideranças do partido de Anthony Garotinho para discutir a aliança. O ex-governador do Rio condiciona o seu voto a Lula ao fim do apoio de figuras como ACM e Sarney.

Segundo Dirceu, Lula é quem tem a última palavra em relação a qualquer atitude tomada durante a campanha, apesar de a posição do partido influenciar muito. “Lula é consultado, ouvido e tem a última palavra. Se eleito, terá o mando e a autoridade de presidente da República”, disse.

Ainda durante a entrevista, Dirceu afirmou que o PT já garantiu a governabilidade com o número de parlamentares eleitos na eleição de domingo. “Lula já tem a governabilidade garantida, se eleito. Contando com os setores do PMDB que o apóiam, temos mais de 200 deputados e 30 senadores.”

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;