Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Timão completa festa de Adriano
com vitória e retorno à liderança


Dérek Bittencourt
do Diário do Grande ABC

10/10/2011 | 07:20


Não dava para se saber antes do jogo qual era o motivo de maior expectativa para a torcida do Corinthians, que lotou o Estádio do Pacaembu: golear o Atlético-GO, retomar a liderança do Campeonato Brasileiro ou ver a estreia do atacante Adriano. Mas com bom futebol, envolvendo o adversário desde o início, o Timão resolveu os três problemas de uma só vez, aplicou 3 a 0 na equipe goiana, reassumiu a ponta em razão do tropeço do Vasco e, de quebra, viu o Imperador jogar os últimos 12 minutos.

O resultado elevou o Corinthians aos 51 pontos, um a mais que o clube carioca. Já o Atlético-GO viu cair a sequência de seis jogos invictos, manteve os 38 pontos e caiu para o 12º lugar em razão da vitória do Santos sobre o Palmeiras.

Tite escalou o Timão de forma simples. Até pelos desfalques de Liedson e Emerson, abandonou o 4-3-3 e optou pelo tradicional 4-4-2, com Danilo e Alex como responsáveis por armar as jogadas para Jorge Henrique e Willian.

 

A primeira jogada de perigo dos corintianos foi aos sete. Após cruzamento de Fábio Santos, Danilo acertou o travessão. No lance seguinte, após escanteio cobrado por Alex, Leandro Castán desviou e abriu o placar. Pouco depois, o próprio zagueiro deu chutão do campo de defesa e quase surpreendeu o goleiro Márcio.

O gol foi fundamental para deixar o time alvinegro mais leve e tranquilo para fazer seu resultado e poder utilizar Adriano nos minutos finais - Tite prometera colocá-lo em campo apenas caso a situação fosse confortável.

E tudo melhorou para o Timão aos 37. Em bela jogada individual, Willian invadiu a área e soltou o pé, ampliando o placar: 2 a 0. A torcida já estava em êxtase e gritou ainda mais quatro minutos depois: Danilo roubou a bola no ataque e tocou para Alex; o meia invadiu a área pelo lado direito e bateu cruzado, pelo alto, sem chances para Márcio.

Com o placar construído e consolidado no primeiro tempo, no segundo o Timão curtiu a festa da torcida. Levou alguns sustos nos chutes de Anselmo. Mas aos 35, quando Adriano foi a campo, é que a celebração ficou completa. Foram poucos toques na bola, mas um bom cartão de visitas que devolve a liderança ao Corinthians.

 

Estreante sai de campo exausto e sem fôlego

Os gols ficaram por conta de Leandro Castán, Willian e Alex, mas como não poderia ser diferente o grande centro das atenções após o apito final foi Adriano. Todos os microfones e câmeras estavam apontados para o Imperador, que nas primeiras perguntas tentava puxar o fôlego de qualquer forma, visivelmente exausto apesar de jogar só 12 minutos.

 "Estou feliz por ter ajudado meus companheiros e foi gratificante sentir a torcida. Quero melhorar a cada dia, mas precisamos ter um pouco de paciência. Estava muito tempo sem jogar e ainda estou mancando. Isso é natural", afirmou Adriano, que durante a semana já havia dito estar com apenas 20% de suas condições físicas ideais.

O Imperador, que não joagava desde janeiro, pela Roma, aproveitou para agradecer todo apoio que tem recebido dos companheiros. Prova disso foi que já nos acréscimos da partida de ontem o meia Ramírez invadiu a área em condições de marcar o quarto gol, mas rolou para o lado em direção a Adriano, que no entanto não chegou a tempo de concluir.

 "A equipe está me apoiando bastante, você vê isso dentro e fora de campo, e vou fazer o máximo possível para retribuir. É devagarzinho, com o Tite me colocando no campo, e vou conseguir pegar mais ritmo de jogo. Falta muito coisa para mim, mas fiquei feliz de participar", concluiu Adriano.

Das arquibancadas, o zagueiro Chicão assistiu a partida ao lado do presidente Andrés Sanchez e aplaudiu o companheiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Timão completa festa de Adriano
com vitória e retorno à liderança

Dérek Bittencourt
do Diário do Grande ABC

10/10/2011 | 07:20


Não dava para se saber antes do jogo qual era o motivo de maior expectativa para a torcida do Corinthians, que lotou o Estádio do Pacaembu: golear o Atlético-GO, retomar a liderança do Campeonato Brasileiro ou ver a estreia do atacante Adriano. Mas com bom futebol, envolvendo o adversário desde o início, o Timão resolveu os três problemas de uma só vez, aplicou 3 a 0 na equipe goiana, reassumiu a ponta em razão do tropeço do Vasco e, de quebra, viu o Imperador jogar os últimos 12 minutos.

O resultado elevou o Corinthians aos 51 pontos, um a mais que o clube carioca. Já o Atlético-GO viu cair a sequência de seis jogos invictos, manteve os 38 pontos e caiu para o 12º lugar em razão da vitória do Santos sobre o Palmeiras.

Tite escalou o Timão de forma simples. Até pelos desfalques de Liedson e Emerson, abandonou o 4-3-3 e optou pelo tradicional 4-4-2, com Danilo e Alex como responsáveis por armar as jogadas para Jorge Henrique e Willian.

 

A primeira jogada de perigo dos corintianos foi aos sete. Após cruzamento de Fábio Santos, Danilo acertou o travessão. No lance seguinte, após escanteio cobrado por Alex, Leandro Castán desviou e abriu o placar. Pouco depois, o próprio zagueiro deu chutão do campo de defesa e quase surpreendeu o goleiro Márcio.

O gol foi fundamental para deixar o time alvinegro mais leve e tranquilo para fazer seu resultado e poder utilizar Adriano nos minutos finais - Tite prometera colocá-lo em campo apenas caso a situação fosse confortável.

E tudo melhorou para o Timão aos 37. Em bela jogada individual, Willian invadiu a área e soltou o pé, ampliando o placar: 2 a 0. A torcida já estava em êxtase e gritou ainda mais quatro minutos depois: Danilo roubou a bola no ataque e tocou para Alex; o meia invadiu a área pelo lado direito e bateu cruzado, pelo alto, sem chances para Márcio.

Com o placar construído e consolidado no primeiro tempo, no segundo o Timão curtiu a festa da torcida. Levou alguns sustos nos chutes de Anselmo. Mas aos 35, quando Adriano foi a campo, é que a celebração ficou completa. Foram poucos toques na bola, mas um bom cartão de visitas que devolve a liderança ao Corinthians.

 

Estreante sai de campo exausto e sem fôlego

Os gols ficaram por conta de Leandro Castán, Willian e Alex, mas como não poderia ser diferente o grande centro das atenções após o apito final foi Adriano. Todos os microfones e câmeras estavam apontados para o Imperador, que nas primeiras perguntas tentava puxar o fôlego de qualquer forma, visivelmente exausto apesar de jogar só 12 minutos.

 "Estou feliz por ter ajudado meus companheiros e foi gratificante sentir a torcida. Quero melhorar a cada dia, mas precisamos ter um pouco de paciência. Estava muito tempo sem jogar e ainda estou mancando. Isso é natural", afirmou Adriano, que durante a semana já havia dito estar com apenas 20% de suas condições físicas ideais.

O Imperador, que não joagava desde janeiro, pela Roma, aproveitou para agradecer todo apoio que tem recebido dos companheiros. Prova disso foi que já nos acréscimos da partida de ontem o meia Ramírez invadiu a área em condições de marcar o quarto gol, mas rolou para o lado em direção a Adriano, que no entanto não chegou a tempo de concluir.

 "A equipe está me apoiando bastante, você vê isso dentro e fora de campo, e vou fazer o máximo possível para retribuir. É devagarzinho, com o Tite me colocando no campo, e vou conseguir pegar mais ritmo de jogo. Falta muito coisa para mim, mas fiquei feliz de participar", concluiu Adriano.

Das arquibancadas, o zagueiro Chicão assistiu a partida ao lado do presidente Andrés Sanchez e aplaudiu o companheiro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;