Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Vereador Antonio Leite aposta na região


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

22/07/2006 | 08:34


O vereador de Santo André Antonio Leite (PT) lança hoje sua candidatura a deputado federal em um clube da Vila Assunção, na cidade. Durante a festa o candidato irá expor suas propostas, cujo destaque, segundo ele, será a institucionalização dos Consórcios Intermunicipais e a ampliação do SUS (Sistema Único de Saúde) no Grande ABC. Para se eleger, Leite calcula precisar 100 mil votos.

O candidato petista afirma já estar em campanha. "Já fiz corpo-a-corpo no comércio e feiras-livres do município." Segundo ele, todas as suas fichas serão apostadas no Grande ABC. "Farei um comitê em São Bernardo e Diadema, que são cidades onde já tive participação política na administração".

O vereador Antonio Leite prefere o contato direto com eleitorado. "Nós conversamos com as pessoas e não desperdiçamos papel. Só entregamos quando estão convencidos de nossa proposta", explica. O vereador pretende visitar, até o próximo mês, 80 mil residências em Santo André. "Espero conseguir o mesmo número de votos no município", completa.

Sobre a regulamentação da lei que rege os Consórcios Intermunicipais, petista explica. "Quero que vire uma instituição e se torne intermediário entre os governos estadual e federal. Pretendo discutir isso no Congresso", diz o candidato, como se já estivesse eleito. A proposta dele é que a população possa eleger o presidente e a diretoria dos consórcios.

Outra prioridade do vereador-candidato está no setor da Saúde. "Vou ampliar o SUS, já que é melhor do que muito plano de saúde particular", prometeu de novo, mesmo reconhecendo que ainda existe muita reclamação por parte dos usuários. "Tem muito o que melhorar, por isso pretendo dar atenção a isso, assim como em educação, segurança e desenvolvimento." O candidato também disse que pretende ser o intermediador dos governos. "Quero que o escritório de Brasília sirva como escritório de negócios para o ABC."

Leite, que está em seu terceiro mandato como vereador – no último pleito teve 4.135 votos –, revelou que ser está a primeira vez que aspira uma cadeira no Congresso Nacional. "Me sinto preparado para discutir os temas nacionais, já que tenho formação diversificada e estou na política há 40 anos." Ferramenteiro, vendedor, tapeceiro, químico, servidor público e graduado em administração de empresas. Para ele, esse histórico o ajudará nas urnas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vereador Antonio Leite aposta na região

Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

22/07/2006 | 08:34


O vereador de Santo André Antonio Leite (PT) lança hoje sua candidatura a deputado federal em um clube da Vila Assunção, na cidade. Durante a festa o candidato irá expor suas propostas, cujo destaque, segundo ele, será a institucionalização dos Consórcios Intermunicipais e a ampliação do SUS (Sistema Único de Saúde) no Grande ABC. Para se eleger, Leite calcula precisar 100 mil votos.

O candidato petista afirma já estar em campanha. "Já fiz corpo-a-corpo no comércio e feiras-livres do município." Segundo ele, todas as suas fichas serão apostadas no Grande ABC. "Farei um comitê em São Bernardo e Diadema, que são cidades onde já tive participação política na administração".

O vereador Antonio Leite prefere o contato direto com eleitorado. "Nós conversamos com as pessoas e não desperdiçamos papel. Só entregamos quando estão convencidos de nossa proposta", explica. O vereador pretende visitar, até o próximo mês, 80 mil residências em Santo André. "Espero conseguir o mesmo número de votos no município", completa.

Sobre a regulamentação da lei que rege os Consórcios Intermunicipais, petista explica. "Quero que vire uma instituição e se torne intermediário entre os governos estadual e federal. Pretendo discutir isso no Congresso", diz o candidato, como se já estivesse eleito. A proposta dele é que a população possa eleger o presidente e a diretoria dos consórcios.

Outra prioridade do vereador-candidato está no setor da Saúde. "Vou ampliar o SUS, já que é melhor do que muito plano de saúde particular", prometeu de novo, mesmo reconhecendo que ainda existe muita reclamação por parte dos usuários. "Tem muito o que melhorar, por isso pretendo dar atenção a isso, assim como em educação, segurança e desenvolvimento." O candidato também disse que pretende ser o intermediador dos governos. "Quero que o escritório de Brasília sirva como escritório de negócios para o ABC."

Leite, que está em seu terceiro mandato como vereador – no último pleito teve 4.135 votos –, revelou que ser está a primeira vez que aspira uma cadeira no Congresso Nacional. "Me sinto preparado para discutir os temas nacionais, já que tenho formação diversificada e estou na política há 40 anos." Ferramenteiro, vendedor, tapeceiro, químico, servidor público e graduado em administração de empresas. Para ele, esse histórico o ajudará nas urnas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;