Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Mercedes expõe sua força no Brasil


Wagner Oliveira
Do Diário do Grande ABC

14/10/2009 | 07:00


Numa demonstração da força, a Mercedes-Benz reuniu todos os seus produtos à venda no Brasil para avaliação de jornalistas especializados. Entre as mais de 50 opções em seu portfólio, caminhões, ônibus, vans e automóveis puderam ser testados num trecho do rodoanel ainda em obras. Nem a garoa da tarde fria e cinzenta atrapalhou uma divertida e proveitosa experiência.

O ponto alto do evento foi a apresentação, em primeira mão, do novo Classe E Coupé, que chega ao Brasil seis meses após o lançamento na Europa. Também foi a primeira oportunidade para acelerar o Smart Brabus, que demonstrou força descomunal para um veículo de suas minúsculas proporções.

Modelos consagrados, como o Classe E, encabeçam os avanços na marca da estrela de três pontas. Aceleramos o cupê num trecho de menos de um quilômetro no rodoanel Sul, ainda fechado ao trânsito. Mas foi o suficiente para sentir o que há de melhor na marca.

Na nova versão cupê, o Classe E ganhou musculatura, elegância e aparência esportiva. A ausência da coluna do meio (B) faz do design quase uma obra de arte.

Para o Brasil, vem o motor V6 de 272 cv. É força suficiente para levá-lo de 0 a 100 km/h em 5 segundos, embora arrancandas não sejam a proposta num segmento em que o público é , digamos, maduro.

O E 350 Coupé é equipado com o sistema 7G-Tronic de transmissão automática de sete velocidades, adaptável ao modo de condução do motorista - de esportiva a confortável.

Internamente, além de todo o conforto característico da mar ca, há novas tecnologias, como o sistema de sensores que detecta anormalidades na condução e alerta o motorista em caso de sonolência durante a viagem.

O cupê herdou do sedã Classe E, que foi apresentado há quatro meses no Brasil, as lanternas, os faróis duplos retangulares e linhas marcantes em toda a lateral alta. O carro custa R$ 285 mil, substituindo o modelo CLK.

SMART BRABUS - Como um carrinho pode andar tanto? É a pergunta que fica depois de uma volta no Brabus Xclusive, uma versão turbinada do Smart que estreará no mercado brasileiro.

Equipado com motor de três cilindros que desenvolve 98 cv a 5500 rpm e torque máximo de 14,27 mkgf a partir de 3500 rpm, permite arrancadas intermediárias rápidas. O esportivo de dois lugares acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente a 155 km/h. A transmissão manual automatizada pode ser operada por aletas atrás do volante de direção.

A esportividade é ressaltada por parachoques com spoilers integrados e maiores aberturas de ar. O preço do Brabus ainda não foi definido.

Actros reúne o melhor da marca

A tecnologia já chegou a um ponto em que dirigir caminhão parece coisa para criança. Exageros à parte, é uma grata surpresa saber que, com um pouco de treino, qualquer motorista pode conduzir um pesado. A evolução da eletrônica deixa a condução de um bitrem carregado com 70 toneladas tão fácil e prazerosa quanto a de um carro de passeio.

Para facilitar ainda mais as coisas para quem passa boa parte da vida nas estradas, a Mercedes-Benz começa a importar da Alemanha o supercaminhão Actros. O modelo 2646 LS 6x4, que apresenta novas tecnologias, será um dos destaques no Salão Internacional do Transporte, que será realizado na última semana deste mês. Com motor V6, o Actros 2646 oferece potência de 456 cv a 1.800 rpm e torque de 224 mkgf a 1.080 rpm, a maior oferecida pela Mercedes-Benz no Brasil.

Automatizado e sem pedal de embreagem, tudo o que o condutor tem de fazer é acelerar e prestar atenção na estrada. O câmbio de 12 marchas faz tudo sozinho. Se a troca eletrônica estiver tediosa, o motorista pode optar pela troca manual por meio de uma borboleta no volante. Outra alavanca, parecida com a de seta, aciona o freio motor de três estágios.

Com entre-eixos de 3,30 metros, o Actros permite a utilização de semirreboques, como carga seca aberta, furgão, sider, grãos, tanques de líquidos e gases e porta-contêiner, entre outros. O caminhão é indicado para longas distâncias e multicomposições, como bitrem (sete eixos e 57 toneladas de PBTC - Peso Bruto total de carga) e rodotrem (nove eixos e PBTC de 74 toneladas).

Vários sistemas garantem maior segurança. O Lane Guidance alerta o motorista quando há troca brusca de faixa e o Proximity Control evita colisões frontais ao acionar os freios em caso de sonolência do motorista.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mercedes expõe sua força no Brasil

Wagner Oliveira
Do Diário do Grande ABC

14/10/2009 | 07:00


Numa demonstração da força, a Mercedes-Benz reuniu todos os seus produtos à venda no Brasil para avaliação de jornalistas especializados. Entre as mais de 50 opções em seu portfólio, caminhões, ônibus, vans e automóveis puderam ser testados num trecho do rodoanel ainda em obras. Nem a garoa da tarde fria e cinzenta atrapalhou uma divertida e proveitosa experiência.

O ponto alto do evento foi a apresentação, em primeira mão, do novo Classe E Coupé, que chega ao Brasil seis meses após o lançamento na Europa. Também foi a primeira oportunidade para acelerar o Smart Brabus, que demonstrou força descomunal para um veículo de suas minúsculas proporções.

Modelos consagrados, como o Classe E, encabeçam os avanços na marca da estrela de três pontas. Aceleramos o cupê num trecho de menos de um quilômetro no rodoanel Sul, ainda fechado ao trânsito. Mas foi o suficiente para sentir o que há de melhor na marca.

Na nova versão cupê, o Classe E ganhou musculatura, elegância e aparência esportiva. A ausência da coluna do meio (B) faz do design quase uma obra de arte.

Para o Brasil, vem o motor V6 de 272 cv. É força suficiente para levá-lo de 0 a 100 km/h em 5 segundos, embora arrancandas não sejam a proposta num segmento em que o público é , digamos, maduro.

O E 350 Coupé é equipado com o sistema 7G-Tronic de transmissão automática de sete velocidades, adaptável ao modo de condução do motorista - de esportiva a confortável.

Internamente, além de todo o conforto característico da mar ca, há novas tecnologias, como o sistema de sensores que detecta anormalidades na condução e alerta o motorista em caso de sonolência durante a viagem.

O cupê herdou do sedã Classe E, que foi apresentado há quatro meses no Brasil, as lanternas, os faróis duplos retangulares e linhas marcantes em toda a lateral alta. O carro custa R$ 285 mil, substituindo o modelo CLK.

SMART BRABUS - Como um carrinho pode andar tanto? É a pergunta que fica depois de uma volta no Brabus Xclusive, uma versão turbinada do Smart que estreará no mercado brasileiro.

Equipado com motor de três cilindros que desenvolve 98 cv a 5500 rpm e torque máximo de 14,27 mkgf a partir de 3500 rpm, permite arrancadas intermediárias rápidas. O esportivo de dois lugares acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente a 155 km/h. A transmissão manual automatizada pode ser operada por aletas atrás do volante de direção.

A esportividade é ressaltada por parachoques com spoilers integrados e maiores aberturas de ar. O preço do Brabus ainda não foi definido.

Actros reúne o melhor da marca

A tecnologia já chegou a um ponto em que dirigir caminhão parece coisa para criança. Exageros à parte, é uma grata surpresa saber que, com um pouco de treino, qualquer motorista pode conduzir um pesado. A evolução da eletrônica deixa a condução de um bitrem carregado com 70 toneladas tão fácil e prazerosa quanto a de um carro de passeio.

Para facilitar ainda mais as coisas para quem passa boa parte da vida nas estradas, a Mercedes-Benz começa a importar da Alemanha o supercaminhão Actros. O modelo 2646 LS 6x4, que apresenta novas tecnologias, será um dos destaques no Salão Internacional do Transporte, que será realizado na última semana deste mês. Com motor V6, o Actros 2646 oferece potência de 456 cv a 1.800 rpm e torque de 224 mkgf a 1.080 rpm, a maior oferecida pela Mercedes-Benz no Brasil.

Automatizado e sem pedal de embreagem, tudo o que o condutor tem de fazer é acelerar e prestar atenção na estrada. O câmbio de 12 marchas faz tudo sozinho. Se a troca eletrônica estiver tediosa, o motorista pode optar pela troca manual por meio de uma borboleta no volante. Outra alavanca, parecida com a de seta, aciona o freio motor de três estágios.

Com entre-eixos de 3,30 metros, o Actros permite a utilização de semirreboques, como carga seca aberta, furgão, sider, grãos, tanques de líquidos e gases e porta-contêiner, entre outros. O caminhão é indicado para longas distâncias e multicomposições, como bitrem (sete eixos e 57 toneladas de PBTC - Peso Bruto total de carga) e rodotrem (nove eixos e PBTC de 74 toneladas).

Vários sistemas garantem maior segurança. O Lane Guidance alerta o motorista quando há troca brusca de faixa e o Proximity Control evita colisões frontais ao acionar os freios em caso de sonolência do motorista.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;