Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Índices agitam semana de decisão da Selic pelo Copom


Bárbara Ladeia
Do Diário do Grande ABC

19/01/2009 | 07:02


Os analistas do mercado financeiro que acompanham atentamente as divulgações de dados econômicos terão que viver um dia de cada vez nesta semana. Não só porque serão dias de muitas informações relevantes para a macroeconomia, mas também porque, em momentos de incerteza, qualquer variável pode ganhar um peso maior do que o que tem habitualmente. Não há dúvidas de que o momento mais aguardado da semana será o da decisão do Copom, mas até lá, e até mesmo depois disso, serão dias de muitas análises de dados.

Amanhã o Copom informará o rumo da política monetária e especialistas acreditam que já há espaço para uma queda de 0,75 ponto e outros contam com um corte mais forte, de 1 ponto porcentual. No entanto, a última posição do mercado nesse sentido será divulgada ainda hoje, no relatório Focus. As atenções serão divididas com as novas expectativas para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de 2009.

Ainda na segunda-feira, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior anunciará mais um resultado parcial da balança comercial brasileira de janeiro.

INDÚSTRIA
Amanhã será a vez de a CNI (Confederação Nacional da Indústria) tornar público o Nuci (Nível de Utilização da Capacidade Instalada) referente a novembro. Ainda que o dado seja "retrovisor" poderá causar uma corrida de última hora para apostas diferenciadas no mercado de juros.

Na quinta-feira, é a vez da tão observada taxa de desemprego de dezembro. Em novembro, o nível de pessoas fora do mercado de trabalho estava em 7,6% da PEA (População Economicamente Ativa).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Índices agitam semana de decisão da Selic pelo Copom

Bárbara Ladeia
Do Diário do Grande ABC

19/01/2009 | 07:02


Os analistas do mercado financeiro que acompanham atentamente as divulgações de dados econômicos terão que viver um dia de cada vez nesta semana. Não só porque serão dias de muitas informações relevantes para a macroeconomia, mas também porque, em momentos de incerteza, qualquer variável pode ganhar um peso maior do que o que tem habitualmente. Não há dúvidas de que o momento mais aguardado da semana será o da decisão do Copom, mas até lá, e até mesmo depois disso, serão dias de muitas análises de dados.

Amanhã o Copom informará o rumo da política monetária e especialistas acreditam que já há espaço para uma queda de 0,75 ponto e outros contam com um corte mais forte, de 1 ponto porcentual. No entanto, a última posição do mercado nesse sentido será divulgada ainda hoje, no relatório Focus. As atenções serão divididas com as novas expectativas para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de 2009.

Ainda na segunda-feira, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior anunciará mais um resultado parcial da balança comercial brasileira de janeiro.

INDÚSTRIA
Amanhã será a vez de a CNI (Confederação Nacional da Indústria) tornar público o Nuci (Nível de Utilização da Capacidade Instalada) referente a novembro. Ainda que o dado seja "retrovisor" poderá causar uma corrida de última hora para apostas diferenciadas no mercado de juros.

Na quinta-feira, é a vez da tão observada taxa de desemprego de dezembro. Em novembro, o nível de pessoas fora do mercado de trabalho estava em 7,6% da PEA (População Economicamente Ativa).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;