Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 16 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O moço que veio de Presidente Prudente

O professor Luiz Roberto Alves recebe o título de Cidadão São-Bernardense e mantém fidelidade ao projeto de levar o velho à escola


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

06/06/2019 | 07:00


“A gente fez a seguinte pergunta: por que em vez de professores somente lerem as estórias, naquele discurso tão mutilado, por que não convidam os velhos contadores para que contem histórias para as crianças?.”
Luiz Roberto Alves, em bate-papo com Paulo Freire, na apresentação da série Contos e Casos Populares, Imprensa Metodista, 1984.

---

Câmara Municipal de São Bernardo realizou segunda-feira sessão solene para a outorga do título de Cidadão São-Bernardense ao professor Luiz Roberto Alves, ex-secretário de Educação na cidade e em Mauá. A iniciativa foi do vereador José Luís Ferrarezi.

Luiz Roberto Alves residiu na Vila Santa Terezinha, em São Bernardo. Fez boca de urna para Florestan Fernandes numa das escolas do bairro. Acompanhou esta página Memória em coberturas que auxiliaram no projeto do velho na escola.

Aprendemos com ele: “O avô e avó que levam o neto à escola, e voltam do portão, deveriam adentrar o recinto e contar a sua história de vida”. E respondemos: “O neto aprenderia com o avô; o avô teria sua sabedoria reconhecida”.

O MESTRE NA JOÃO RAMALHO

Cidade Natal – Murutinga do Sul, na região de Andradina, interior de São Paulo, nascido em 3 de janeiro de 1947.
Presidente Prudente – Percorreu com a família várias cidades do Interior. De Prudente, veio para São Paulo. Descobriu São Bernardo em 1967. Tem quatro filhos.
Formação - Professor livre docente da ECA (Escola de Comunicações e Artes) da USP (Universidade de São Paulo), onde obteve os títulos de mestrado e doutor em letras. Desenvolveu estudos de pós-doutorado nas Universidades de Roma e de Florença.
São Bernardo – Residiu na cidade por mais de 25 anos, mas sua convivência com os ‘batateiros’ soma um número muito maior de anos.
O professor – Lecionou em várias escolas de São Bernardo, entre as quais a tradicional João Ramalho. Foi diretor da EE Lauro Gomes, em Rudge Ramos. Há mais de 30 anos é professor e pesquisador da Metodista. Chegou a vice-diretor geral da instituição.
O intelectual – Tem livros e artigos publicados no Brasil e no Exterior, vários no Diário, alguns dos quais enviados do Exterior.
Social – É um dos fundadores do projeto e do movimento Meninos e Meninas de Rua de São Bernardo.
Nacional - Na década de 1980, ele participou das discussões pela criação da ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Participou do CNE (Conselho Nacional de Educação). Presidiu a Câmara de Educação Básica.

Na tv, a escola Paulo Sinna 

O professor Anderson Ferreira de Oliveira, diretor da Escola Estadual Paulo Sinna, da Vila Tibiriçá, em Santo André, é o convidado desta semana do programa Memória na TV, que entra no ar hoje pelo DGABC TV – www.dgabc.com.br.

O entrevistado mostra fotos inéditas do desfile que inaugurou o Centro Cívico de Santo André. São imagens belíssimas, que ilustram o programa e que serão vistas aqui, na versão impressa de Memória, no próximo fim de semana.

“Encontrei uma escola muito bem organizada. Cada um que por ela passou deixou um pouquinho de si próprio. Temos uma funcionária – Janete – que foi aluna. Quando ela relata algo da escola, o olho brilha. Você percebe que existe esse amor, esse carinho”, discorre o professor durante a entrevista.

MEMÓRIA NA TV

- Escola Paulo Sinna constrói a sua história
- As fotos que vieram da Vila Tibiriçá
- Entrevistado: professor Anderson Ferreira de Oliveira, diretor
- No ar pelo Diário Online: www.dgabc.com.br

Diário há 30 anos
Terça-feira, 6 de junho de 1989 – ano 32, edição 7084

Manchete – Greve dos ônibus termina com acordo.
Imprensa – Câmara Municipal de Santo André aprova voto de congratulações ao Diário do Grande ABC pela criação da coluna “Ponto de Vista”. 
“É uma verdadeira tribuna livre”, conforme o vereador José Vicente Guerra, autor da propositura.
Automobilismo – Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) projeta queda de 10% na venda de automóveis em 1989. 

Em 6 de junho de...

1919 – Lançado um novo semanário ilustrado ítalo-brasileiro, “Il Ficcanaso”, sob a direção de Adriano Pozzi e Ricardo Gianotti.

Internacional

- Do noticiário do Correio Paulistano: espera-se que a Alemanha assine o tratado de paz até 6 de junho.

- Do noticiário do Estadão: as contrapropostas alemãs serão rejeitadas.

1974 – Uma violenta explosão destrói, parcialmente, as instalações da fundição da Chrysler do Brasil, em Santo André. Sete operários ficaram feridos.

1984 – Governador Franco Montoro vem à Mauá e encampa o Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini.

- Estado quer o povo na proteção dos mananciais. E instala 605 placas em toda a Grande São Paulo.

- Falece Elio da Costa Pino, o Elinho, 50 anos, grande colaborador do Aramaçan. 

Hoje

- Dia Nacional do Teste do Pezinho.

Santos do dia

- Marcelino Champagnat

- Paulina

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários neste em 6 de junho:

-Osvaldo Cruz. Elevado a município em 1945, quando se separa de Guararapes.

- No Maranhão, Açailândia

- Em Santa Catarina, Agronômica, Aurora e Caibi

- Em Pernambuco, Angelim (PE)

- No Pará, Chaves

- Em Minas Grais, Formiga e Dourada

- No Paraná, Sertanópolis (PR)

Fonte: IBGE



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O moço que veio de Presidente Prudente

O professor Luiz Roberto Alves recebe o título de Cidadão São-Bernardense e mantém fidelidade ao projeto de levar o velho à escola

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

06/06/2019 | 07:00


“A gente fez a seguinte pergunta: por que em vez de professores somente lerem as estórias, naquele discurso tão mutilado, por que não convidam os velhos contadores para que contem histórias para as crianças?.”
Luiz Roberto Alves, em bate-papo com Paulo Freire, na apresentação da série Contos e Casos Populares, Imprensa Metodista, 1984.

---

Câmara Municipal de São Bernardo realizou segunda-feira sessão solene para a outorga do título de Cidadão São-Bernardense ao professor Luiz Roberto Alves, ex-secretário de Educação na cidade e em Mauá. A iniciativa foi do vereador José Luís Ferrarezi.

Luiz Roberto Alves residiu na Vila Santa Terezinha, em São Bernardo. Fez boca de urna para Florestan Fernandes numa das escolas do bairro. Acompanhou esta página Memória em coberturas que auxiliaram no projeto do velho na escola.

Aprendemos com ele: “O avô e avó que levam o neto à escola, e voltam do portão, deveriam adentrar o recinto e contar a sua história de vida”. E respondemos: “O neto aprenderia com o avô; o avô teria sua sabedoria reconhecida”.

O MESTRE NA JOÃO RAMALHO

Cidade Natal – Murutinga do Sul, na região de Andradina, interior de São Paulo, nascido em 3 de janeiro de 1947.
Presidente Prudente – Percorreu com a família várias cidades do Interior. De Prudente, veio para São Paulo. Descobriu São Bernardo em 1967. Tem quatro filhos.
Formação - Professor livre docente da ECA (Escola de Comunicações e Artes) da USP (Universidade de São Paulo), onde obteve os títulos de mestrado e doutor em letras. Desenvolveu estudos de pós-doutorado nas Universidades de Roma e de Florença.
São Bernardo – Residiu na cidade por mais de 25 anos, mas sua convivência com os ‘batateiros’ soma um número muito maior de anos.
O professor – Lecionou em várias escolas de São Bernardo, entre as quais a tradicional João Ramalho. Foi diretor da EE Lauro Gomes, em Rudge Ramos. Há mais de 30 anos é professor e pesquisador da Metodista. Chegou a vice-diretor geral da instituição.
O intelectual – Tem livros e artigos publicados no Brasil e no Exterior, vários no Diário, alguns dos quais enviados do Exterior.
Social – É um dos fundadores do projeto e do movimento Meninos e Meninas de Rua de São Bernardo.
Nacional - Na década de 1980, ele participou das discussões pela criação da ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Participou do CNE (Conselho Nacional de Educação). Presidiu a Câmara de Educação Básica.

Na tv, a escola Paulo Sinna 

O professor Anderson Ferreira de Oliveira, diretor da Escola Estadual Paulo Sinna, da Vila Tibiriçá, em Santo André, é o convidado desta semana do programa Memória na TV, que entra no ar hoje pelo DGABC TV – www.dgabc.com.br.

O entrevistado mostra fotos inéditas do desfile que inaugurou o Centro Cívico de Santo André. São imagens belíssimas, que ilustram o programa e que serão vistas aqui, na versão impressa de Memória, no próximo fim de semana.

“Encontrei uma escola muito bem organizada. Cada um que por ela passou deixou um pouquinho de si próprio. Temos uma funcionária – Janete – que foi aluna. Quando ela relata algo da escola, o olho brilha. Você percebe que existe esse amor, esse carinho”, discorre o professor durante a entrevista.

MEMÓRIA NA TV

- Escola Paulo Sinna constrói a sua história
- As fotos que vieram da Vila Tibiriçá
- Entrevistado: professor Anderson Ferreira de Oliveira, diretor
- No ar pelo Diário Online: www.dgabc.com.br

Diário há 30 anos
Terça-feira, 6 de junho de 1989 – ano 32, edição 7084

Manchete – Greve dos ônibus termina com acordo.
Imprensa – Câmara Municipal de Santo André aprova voto de congratulações ao Diário do Grande ABC pela criação da coluna “Ponto de Vista”. 
“É uma verdadeira tribuna livre”, conforme o vereador José Vicente Guerra, autor da propositura.
Automobilismo – Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) projeta queda de 10% na venda de automóveis em 1989. 

Em 6 de junho de...

1919 – Lançado um novo semanário ilustrado ítalo-brasileiro, “Il Ficcanaso”, sob a direção de Adriano Pozzi e Ricardo Gianotti.

Internacional

- Do noticiário do Correio Paulistano: espera-se que a Alemanha assine o tratado de paz até 6 de junho.

- Do noticiário do Estadão: as contrapropostas alemãs serão rejeitadas.

1974 – Uma violenta explosão destrói, parcialmente, as instalações da fundição da Chrysler do Brasil, em Santo André. Sete operários ficaram feridos.

1984 – Governador Franco Montoro vem à Mauá e encampa o Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini.

- Estado quer o povo na proteção dos mananciais. E instala 605 placas em toda a Grande São Paulo.

- Falece Elio da Costa Pino, o Elinho, 50 anos, grande colaborador do Aramaçan. 

Hoje

- Dia Nacional do Teste do Pezinho.

Santos do dia

- Marcelino Champagnat

- Paulina

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários neste em 6 de junho:

-Osvaldo Cruz. Elevado a município em 1945, quando se separa de Guararapes.

- No Maranhão, Açailândia

- Em Santa Catarina, Agronômica, Aurora e Caibi

- Em Pernambuco, Angelim (PE)

- No Pará, Chaves

- Em Minas Grais, Formiga e Dourada

- No Paraná, Sertanópolis (PR)

Fonte: IBGE

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;