Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Saiba o que verificar na pintura do carro usado antes da compra

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Manchas, emendas de retoques e diferenças de tonalidade e cor entre as peças merecem atenção


Da Redação
Do Garagem360

18/09/2020 | 13:48


Além de conferir o estado do conjunto mecânico, é preciso analisar a pintura do carro usado antes da compra. Para facilitar o processo, o Garagem360 e a PPG, fabricante de tintas, separaram algumas dicas sobre o que verificar nessa parte de um seminovo para se fechar um bom negócio.

Pontos que devem ser checados

Manchas, emendas de retoques e diferenças de tonalidade cor entre as peças são alguns detalhes que merecem atenção. Existe a possibilidade de o veículo estar com a pintura manchada devido a uma má reparação, por exemplo, na qual a aplicação da tinta foi feita de forma incorreta, podendo ocasionar diferenças de tonalidade de cor entre as peças do veículo. É muito importante fazer a avaliação da pintura em um local com boa iluminação e, se possível, durante o dia, na luz natural.

O desgaste do verniz também precisa ser analisado. As condições climáticas, como sol, chuva e sereno, e as agressões por produtos químicos durante as lavagens, podem causar alguns danos. Dessa forma, o verniz se desgasta e perde a camada de proteção sólida, deixando a tinta mais vulnerável, conhecida como pintura queimada.

LEIA MAIS: Esportivo, VW Jetta GLI é confirmado para o Brasil

Ford vs Ferrari: filme sobre as 24h de Le Mans de 1966 ganha primeiro trailer oficial

Também é recomendável verificar se há emendas na pintura e manchas ou textura no verniz. Além disso, vale checar possíveis riscos profundos e pequenos amassados.

Maresia

A maresia cria um ambiente com sais marinhos em suspensão nas regiões próximas das praias. Esses sais são corrosivos, o que faz com que a pintura sofra desgastes mais graves. Lavar sempre o veículo para retirar o sal e proteger partes expostas com capas específicas, ou em garagens apropriadamente fechadas, são ações recomendadas para aumentar a conservação da pintura. Na rua, deixar o carro estacionado em áreas menos expostas também ajuda na manutenção.

Por falar em pintura dos carros, confira na galeria alguns modelos customizados por seus proprietários.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Saiba o que verificar na pintura do carro usado antes da compra

Manchas, emendas de retoques e diferenças de tonalidade e cor entre as peças merecem atenção

Da Redação
Do Garagem360

18/09/2020 | 13:48


Além de conferir o estado do conjunto mecânico, é preciso analisar a pintura do carro usado antes da compra. Para facilitar o processo, o Garagem360 e a PPG, fabricante de tintas, separaram algumas dicas sobre o que verificar nessa parte de um seminovo para se fechar um bom negócio.

Pontos que devem ser checados

Manchas, emendas de retoques e diferenças de tonalidade cor entre as peças são alguns detalhes que merecem atenção. Existe a possibilidade de o veículo estar com a pintura manchada devido a uma má reparação, por exemplo, na qual a aplicação da tinta foi feita de forma incorreta, podendo ocasionar diferenças de tonalidade de cor entre as peças do veículo. É muito importante fazer a avaliação da pintura em um local com boa iluminação e, se possível, durante o dia, na luz natural.

O desgaste do verniz também precisa ser analisado. As condições climáticas, como sol, chuva e sereno, e as agressões por produtos químicos durante as lavagens, podem causar alguns danos. Dessa forma, o verniz se desgasta e perde a camada de proteção sólida, deixando a tinta mais vulnerável, conhecida como pintura queimada.

LEIA MAIS: Esportivo, VW Jetta GLI é confirmado para o Brasil

Ford vs Ferrari: filme sobre as 24h de Le Mans de 1966 ganha primeiro trailer oficial

Também é recomendável verificar se há emendas na pintura e manchas ou textura no verniz. Além disso, vale checar possíveis riscos profundos e pequenos amassados.

Maresia

A maresia cria um ambiente com sais marinhos em suspensão nas regiões próximas das praias. Esses sais são corrosivos, o que faz com que a pintura sofra desgastes mais graves. Lavar sempre o veículo para retirar o sal e proteger partes expostas com capas específicas, ou em garagens apropriadamente fechadas, são ações recomendadas para aumentar a conservação da pintura. Na rua, deixar o carro estacionado em áreas menos expostas também ajuda na manutenção.

Por falar em pintura dos carros, confira na galeria alguns modelos customizados por seus proprietários.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;