Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O primeiro título importante do futebol brasileiro

A notícia antecipa o que a internet faz hoje, um século depois, ao informar sobre o andamento de um jogo


Ademir Medici

29/05/2019 | 07:00


Foi a maior vitória esportiva brasileira, escreveram os jornais. O Brasil já tinha ganhado de ingleses, portugueses, italianos e mesmo uruguaios. “Mas nenhuma destas vitórias pode ser comparada, mesmo de longe, à presente vitória”, estampou o Correio Paulistano.

Nesta linha foram os demais jornais, noticiando o 1 a 0 na partida desempate do III Sul-Americano, dia 28 de maio de 1919, no novo estádio do Fluminense, gol marcado por Friedenreich no primeiro tempo da segunda prorrogação.

O Estadão publicou uma foto de meia página focalizando a multidão diante da sua redação, na Praça Antonio Prado. Sem rádio e sem televisão, os torcedores acompanhavam o transcorrer da partida lendo os cartazes colocados pelo jornal na calçada, com informes por telefone do enviado especial ao Rio de Janeiro – hoje lances como aqueles são assistidos pelos jornalistas na TV e estampados, em tempo quase real, na internet.

NOS CARTAZES, OS LANCES...
- Às 14h15 os brasileiros deram o golpe inicial, avançando pela esquerda.
- Neco avança, enquanto Heitor apanha a bola e escapa, fazendo um belíssimo passe a Friedenreich, que shoota, marcando o primeiro gol para o quadro nacional às 16 horas e 52 minutos.
- Às 17h15 terminou o sensacional jogo: brasileiros 1 goal, uruguaios 0. E deste modo, após uma luta cheia de emoções, o Brasil conquistou o título de campeão da América do Sul.

EMOÇÃO IGUAL EM MONTEVIDÉU

Primazia do Estadão neste tipo de transmissão? É possível. Mas o seu rival, Correio Paulistano, por sinal com redação na mesma Praça Antonio Prado, publicava a seguinte nota:
- Montevidéu, 30. Como já aconteceu nas anteriores partidas, enorme público manteve-se ontem em frente aos jornais, acompanhando as peripécias do jogo, à medida que os telegramas iam sendo afixados.

EMOÇÕES RENOVADAS
O regresso dos jogadores paulistas atraiu multidões ao Centro de São Paulo. Festa na Estação da Luz para receber os nove jogadores daqui que formaram na Seleção: Blanco, Sérgio, Amilcar, Millon, Neco, Friedenreich, Heitor, Arnaldo e Haroldo, oito dos quais titulares – só Haroldo era reserva. Os outros três titulares eram do Rio: Marcos, Pindaro e Fortes.
Em São Paulo os jogadores desfilaram em carruagens Dumont. Era tanta gente que foi preciso dar duas voltas pelo chamado Triângulo, no Centro Velho paulistano, até o Largo São Bento, seguindo-se “ligeira refeição no Hotel d’Oeste”.

Diário há 30 anos

Domingo, 28 de maio de 1989 – ano 32, edição 7077

Comunicação – Instituto Metodista de Ensino Superior (hoje Umesp) terá curso de rádio e TV em 1990. A faculdade já possuía sofisticado equipamento importado dos Estados Unidos, num investimento de US$ 1,2 milhão.
Campeonato Paulista – No Morumbi, São Paulo 1, Santo André 0. Com esse resultado o Ramalhão dá adeus ao Campeonato Paulista de 1989.
 

Em 29 de maio de...

1919 – Um eclipse solar é visto em Sobral, Interior do Ceará, e acompanhado por uma missão britânica. Graças ao fenômeno, Albert Einstein pôde comprovar sua Teoria da Relatividade.
- Do noticiário do Correio Paulistano: os belgas são chamados às armas; a população chinesa manifesta seu ódio contra os japoneses.
1959 – Sai da linha de produção da Scania o primeiro motor de caminhão brasileiro da empresa, o D10: inaugura-se a linha da Scania, ainda localizada na Vila Carioca, região do Ipiranga.
Nota – Em 1962, a Scania seria transferida para São Bernardo, ocupando faixas da antiga Linha Jurubatuba do núcleo colonial inaugurado em 1877.
 

Hoje

- Dia do Geógrafo
- Dia do Estatístico

Santos do Dia

- Úrsula Ledochowska
- Cirilo de Cesareia
- Sisínio

Município Paulista

- Hoje é o aniversário de São Pedro do Turvo, elevado a município em 1891, quando se separa de Santa Cruz do Rio Pardo.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O primeiro título importante do futebol brasileiro

A notícia antecipa o que a internet faz hoje, um século depois, ao informar sobre o andamento de um jogo

Ademir Medici

29/05/2019 | 07:00


Foi a maior vitória esportiva brasileira, escreveram os jornais. O Brasil já tinha ganhado de ingleses, portugueses, italianos e mesmo uruguaios. “Mas nenhuma destas vitórias pode ser comparada, mesmo de longe, à presente vitória”, estampou o Correio Paulistano.

Nesta linha foram os demais jornais, noticiando o 1 a 0 na partida desempate do III Sul-Americano, dia 28 de maio de 1919, no novo estádio do Fluminense, gol marcado por Friedenreich no primeiro tempo da segunda prorrogação.

O Estadão publicou uma foto de meia página focalizando a multidão diante da sua redação, na Praça Antonio Prado. Sem rádio e sem televisão, os torcedores acompanhavam o transcorrer da partida lendo os cartazes colocados pelo jornal na calçada, com informes por telefone do enviado especial ao Rio de Janeiro – hoje lances como aqueles são assistidos pelos jornalistas na TV e estampados, em tempo quase real, na internet.

NOS CARTAZES, OS LANCES...
- Às 14h15 os brasileiros deram o golpe inicial, avançando pela esquerda.
- Neco avança, enquanto Heitor apanha a bola e escapa, fazendo um belíssimo passe a Friedenreich, que shoota, marcando o primeiro gol para o quadro nacional às 16 horas e 52 minutos.
- Às 17h15 terminou o sensacional jogo: brasileiros 1 goal, uruguaios 0. E deste modo, após uma luta cheia de emoções, o Brasil conquistou o título de campeão da América do Sul.

EMOÇÃO IGUAL EM MONTEVIDÉU

Primazia do Estadão neste tipo de transmissão? É possível. Mas o seu rival, Correio Paulistano, por sinal com redação na mesma Praça Antonio Prado, publicava a seguinte nota:
- Montevidéu, 30. Como já aconteceu nas anteriores partidas, enorme público manteve-se ontem em frente aos jornais, acompanhando as peripécias do jogo, à medida que os telegramas iam sendo afixados.

EMOÇÕES RENOVADAS
O regresso dos jogadores paulistas atraiu multidões ao Centro de São Paulo. Festa na Estação da Luz para receber os nove jogadores daqui que formaram na Seleção: Blanco, Sérgio, Amilcar, Millon, Neco, Friedenreich, Heitor, Arnaldo e Haroldo, oito dos quais titulares – só Haroldo era reserva. Os outros três titulares eram do Rio: Marcos, Pindaro e Fortes.
Em São Paulo os jogadores desfilaram em carruagens Dumont. Era tanta gente que foi preciso dar duas voltas pelo chamado Triângulo, no Centro Velho paulistano, até o Largo São Bento, seguindo-se “ligeira refeição no Hotel d’Oeste”.

Diário há 30 anos

Domingo, 28 de maio de 1989 – ano 32, edição 7077

Comunicação – Instituto Metodista de Ensino Superior (hoje Umesp) terá curso de rádio e TV em 1990. A faculdade já possuía sofisticado equipamento importado dos Estados Unidos, num investimento de US$ 1,2 milhão.
Campeonato Paulista – No Morumbi, São Paulo 1, Santo André 0. Com esse resultado o Ramalhão dá adeus ao Campeonato Paulista de 1989.
 

Em 29 de maio de...

1919 – Um eclipse solar é visto em Sobral, Interior do Ceará, e acompanhado por uma missão britânica. Graças ao fenômeno, Albert Einstein pôde comprovar sua Teoria da Relatividade.
- Do noticiário do Correio Paulistano: os belgas são chamados às armas; a população chinesa manifesta seu ódio contra os japoneses.
1959 – Sai da linha de produção da Scania o primeiro motor de caminhão brasileiro da empresa, o D10: inaugura-se a linha da Scania, ainda localizada na Vila Carioca, região do Ipiranga.
Nota – Em 1962, a Scania seria transferida para São Bernardo, ocupando faixas da antiga Linha Jurubatuba do núcleo colonial inaugurado em 1877.
 

Hoje

- Dia do Geógrafo
- Dia do Estatístico

Santos do Dia

- Úrsula Ledochowska
- Cirilo de Cesareia
- Sisínio

Município Paulista

- Hoje é o aniversário de São Pedro do Turvo, elevado a município em 1891, quando se separa de Santa Cruz do Rio Pardo.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;