Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 14 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Antes da morte da Princesa Diana, Harry e William não viam a mãe há um mês



31/08/2018 | 19:11


Príncipe Harry e Príncipe William não viam a mãe, Princesa Diana, por um mês antes de sua morte em agosto de 1997. Segundo informações do site norte-americano People, na época os irmãos estavam de férias com o pai, o Príncipe Charles, enquanto Lady Di fazia viagens humanitárias para o exterior. Anteriormente, todos estavam juntos curtindo o verão [inverno no Brasil] como convidados da família Al Fayed, no Egito.

Os irmãos iriam se encontrar com a mãe no dia 31 de agosto; infelizmente no exato dia em que a Princesa morreu, aos 36 anos de idade. No documentário Diana, Our Mother: Her Life and Legacy, Harry conversou com duas vítimas de grandes acidentes da Bósnia, onde Diana esteve pouco tempo antes para levantar fundos para o país.

- Vocês foram praticamente as últimas pessoas que viram a minha mãe viva. Vocês viram mais a minha mãe recentemente do que eu, eu acho, desabafou o Príncipe.

No mesmo longa, Harry ainda falou sobre o divórcio dos pais em 1992:

- Quando nossos pais se separaram, nunca víamos a nossa mãe o suficiente, e nem o nosso pai. Viajávamos muito e também briguei muito com o meu irmão no banco de trás do carro - e eu sempre ganhei. Tínhamos que enfrentar muitas coisas. E não ajo como se fôssemos as únicas pessoas a passar por isso, mas acho que foi uma maneira interessante de crescer.

Ele também relembrou a última vez que falou com Diana:

- Se eu soubesse que aquela seria a última vez que eu falaria com a mãe, eu teria dito mais coisas para ela.

Princesa Diana se sentiu destruída ao saber do caso entre Príncipe Charles e Camilla Parker Bowles

Princesa Diana contou, em uma entrevista antiga, como se sentiu quando descobriu que estava sendo traída por Príncipe Charles. Tristeza, raiva e infidelidade passaram por sua mente - mas confrontar o marido não era uma opção.

- Você pode lembrar de ter visto uma foto minha com um casaco vermelho, soluçando quando ele partiu em seu avião. Isso não teve nada a ver com ele. A coisa mais terrível aconteceu antes dele ir. Eu estava em seu escritório conversando com ele sobre sua viagem. O telefone tocou, era Camilla. Então eu comecei a pensar Eu devo ser legal ou só ficar aqui? Então decidi ser legal e os deixei, e aquilo destruiu o meu coração. Eu ainda era muito imatura para entender todas as mensagens que apareciam para mim. E então alguém no escritório me disse que meu marido fez uma pulseira para ela. Eu entrei no escritório de um homem um dia e perguntei: Olha, o que tem nesse pacote? Ele disse: Oh, você não deveria saber. Então eu abri e lá estava a pulseira. Fiquei arrasada e disse: Bem, ele vai dar a ela hoje à noite. Muita, muita, muita raiva. Sabe, por que ele não poderia ser honesto comigo? Mas não, ele preferiu me destruir.

A entrevista foi divulgada pela National Geographic.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;