Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia prende um dos suspeitos de matar jovem em Santo André

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Outro indivíduo já foi identificado, mas ainda segue foragido; crime aconteceu no dia 9


Do Diário OnLine

17/08/2018 | 18:51


Atualizada às 20h32

Policiais do 6º DP (Vila Mazzei), de Santo André, prenderam por volta das 13h20 desta sexta-feira (17) Erick Cordeiro Pereira Soares, 18 anos, após ser reconhecido como um dos homens suspeitos de ter matado a estudante Paula de Freitas Silva, de 18 anos, durante assalto no último dia 9.

Desde a divulgação do retrato falado na quarta-feira (15), a polícia afirma ter recebido diversas denúncias anônimas, inclusive pelas redes sociais, o que teria facilitado sua identificação e prisão. Ele já tem passagem por receptação e furto.

O outro suspeito de ter participado do latrocínio foi identificado como Dudu, 18, e está foragido. Ele também possui três passagens pela polícia.

Soares foi encontrado em casa e teria reagido a prisão. Em depoimento, ele nega participação no roubo seguido de morte e afirma que não conhece Dudu.

Na delegacia, uma das testemunhas reconheceu Soares como piloto da moto. Em sua residência, a polícia apreendeu ainda a camiseta que ele estaria usando no dia da morte de Paula, que também foi reconhecida.

A moto utilizada no dia do crime ainda não foi encontrada. A polícia acredita que, por se tratar de modelo muito caro, seria roubada e foi descartada. A arma de onde saiu o disparo que matou Paula também não foi encontrada.

Caso - Paula foi baleada por volta das 19h10 na Rua Emílio Sales Gomes, no Jardim Aclimação, quando estava a caminho da escola na companhia de uma amiga. Os homens, que estavam de moto, anunciaram o assalto e, segundo a amiga, Paula entregou o telefone e disse “tá bom, toma o celular”. O garupa teria ficado irritado, achou que a jovem havia debochado dele e atirou contra o seu peito. Ela chegou a ser encaminhada para o Hospital Estadual Mário Covas, também em Santo André, onde foram feitas tentativas de ressuscitação, porém ela não resistiu. (Com informações de Bia Moço)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia prende um dos suspeitos de matar jovem em Santo André

Outro indivíduo já foi identificado, mas ainda segue foragido; crime aconteceu no dia 9

Do Diário OnLine

17/08/2018 | 18:51


Atualizada às 20h32

Policiais do 6º DP (Vila Mazzei), de Santo André, prenderam por volta das 13h20 desta sexta-feira (17) Erick Cordeiro Pereira Soares, 18 anos, após ser reconhecido como um dos homens suspeitos de ter matado a estudante Paula de Freitas Silva, de 18 anos, durante assalto no último dia 9.

Desde a divulgação do retrato falado na quarta-feira (15), a polícia afirma ter recebido diversas denúncias anônimas, inclusive pelas redes sociais, o que teria facilitado sua identificação e prisão. Ele já tem passagem por receptação e furto.

O outro suspeito de ter participado do latrocínio foi identificado como Dudu, 18, e está foragido. Ele também possui três passagens pela polícia.

Soares foi encontrado em casa e teria reagido a prisão. Em depoimento, ele nega participação no roubo seguido de morte e afirma que não conhece Dudu.

Na delegacia, uma das testemunhas reconheceu Soares como piloto da moto. Em sua residência, a polícia apreendeu ainda a camiseta que ele estaria usando no dia da morte de Paula, que também foi reconhecida.

A moto utilizada no dia do crime ainda não foi encontrada. A polícia acredita que, por se tratar de modelo muito caro, seria roubada e foi descartada. A arma de onde saiu o disparo que matou Paula também não foi encontrada.

Caso - Paula foi baleada por volta das 19h10 na Rua Emílio Sales Gomes, no Jardim Aclimação, quando estava a caminho da escola na companhia de uma amiga. Os homens, que estavam de moto, anunciaram o assalto e, segundo a amiga, Paula entregou o telefone e disse “tá bom, toma o celular”. O garupa teria ficado irritado, achou que a jovem havia debochado dele e atirou contra o seu peito. Ela chegou a ser encaminhada para o Hospital Estadual Mário Covas, também em Santo André, onde foram feitas tentativas de ressuscitação, porém ela não resistiu. (Com informações de Bia Moço)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;