Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Paquistão vê ex-rei Zahir como substituto do Talibã


Das Agências

03/10/2001 | 08:33


O presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, manifestou nesta quarta-feira o desejo de que o ex-rei do Afeganistão Zahir, deposto em 1973, envie rapidamente um emissário a Islamabad. Musharraf quer iniciar conversações com o governo que pode suceder os talibãs em Kabul.

Segundo a secretária de Estado italiana de Relações Exteriores, Margherita Boniver, que se reuniu por 40 minutos com o mandatário paquistanês em Islamabad, declarou à imprensa que Musharraf considera que o ex-rei pode ter de desempenhar um papel importante na instalação de um governo unificado no Afeganistão, depois da provável queda dos talibãs. "Os paquistaneses estão percebendo agora que o ex-rei pode ser uma personalidade com a qual se poderá iniciar um processo de paz", disse a ministra.

Musharraf "me pediu para comunicar ao ex-rei o fato de que o Paquistão quer que um emissário - uma pessoa ligada ao monarca - venha a Islamabad o mais breve possível", disse.

Zahir Sha, 86 anos, surgiu nos últimos dias como a única personalidade capaz de unir as divididas facções afegãs. Vive exilado em Roma desde 1973.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paquistão vê ex-rei Zahir como substituto do Talibã

Das Agências

03/10/2001 | 08:33


O presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, manifestou nesta quarta-feira o desejo de que o ex-rei do Afeganistão Zahir, deposto em 1973, envie rapidamente um emissário a Islamabad. Musharraf quer iniciar conversações com o governo que pode suceder os talibãs em Kabul.

Segundo a secretária de Estado italiana de Relações Exteriores, Margherita Boniver, que se reuniu por 40 minutos com o mandatário paquistanês em Islamabad, declarou à imprensa que Musharraf considera que o ex-rei pode ter de desempenhar um papel importante na instalação de um governo unificado no Afeganistão, depois da provável queda dos talibãs. "Os paquistaneses estão percebendo agora que o ex-rei pode ser uma personalidade com a qual se poderá iniciar um processo de paz", disse a ministra.

Musharraf "me pediu para comunicar ao ex-rei o fato de que o Paquistão quer que um emissário - uma pessoa ligada ao monarca - venha a Islamabad o mais breve possível", disse.

Zahir Sha, 86 anos, surgiu nos últimos dias como a única personalidade capaz de unir as divididas facções afegãs. Vive exilado em Roma desde 1973.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;