Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Frentista é baleado a sangue frio em Diadema


Glauco Araújo
Do Diário do Grande ABC

20/05/2001 | 18:50


O frentista Elvis Roberto da Silva, 30 anos, foi baleado na cabeça e no peito depois de um assalto ao Auto Posto Carranka, na avenida Dona Ruyce Ferraz Alvim, no Jardim Ruyce, em Diadema, por volta das 6h30 deste sábado. Ele foi socorrido por um colega de trabalho e levado para o Hospital Público de Diadema, onde permanece internado.

Elvis estava no posto com outro frentista H.S.G., 25 anos, no momento do assalto. O ladrão, provavelmente armado com um revólver calibre 38, entrou no posto e rendeu os dois funcionários.

Elvis e H. foram obrigados a entrar no banheiro do estabelecimento, onde o assaltante os trancou.

O assaltante obrigou Elvis a deitar no chão e H., que é o funcionário que cuida do caixa, a entregar todo o dinheiro referente ao funcionamento da madrugada. H. obedeceu, mas entregou apenas R$ 15. Não satisfeito com a quantia, o assaltante insistiu, dizendo que se não entregassem todo o dinheiro iria roubar o carro de H.. Ele teria dito aos frentista que tinha certeza de quem havia mais dinheiro com eles, pois o roubo era fita dada (quando um assaltante recebe informações privilegiadas para cometer um crime).

Irritado com a insistência de que só havia R$ 15 no caixa, o ladrão pediu para H. ficar de costas e atirou duas vezes em Elvis.

Assustado, H. deu o restante do dinheiro – apenas R$ 60 – ao assaltante, que fugiu em seguida. H. pegou o colega no colo, o colocou em seu carro e levou Elvis para o Hospital Público de Diadema. Os projéteis ainda estão alojados no corpo de Elvis, que sofreu uma drenagem torácica e continua internado em estado grave.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Frentista é baleado a sangue frio em Diadema

Glauco Araújo
Do Diário do Grande ABC

20/05/2001 | 18:50


O frentista Elvis Roberto da Silva, 30 anos, foi baleado na cabeça e no peito depois de um assalto ao Auto Posto Carranka, na avenida Dona Ruyce Ferraz Alvim, no Jardim Ruyce, em Diadema, por volta das 6h30 deste sábado. Ele foi socorrido por um colega de trabalho e levado para o Hospital Público de Diadema, onde permanece internado.

Elvis estava no posto com outro frentista H.S.G., 25 anos, no momento do assalto. O ladrão, provavelmente armado com um revólver calibre 38, entrou no posto e rendeu os dois funcionários.

Elvis e H. foram obrigados a entrar no banheiro do estabelecimento, onde o assaltante os trancou.

O assaltante obrigou Elvis a deitar no chão e H., que é o funcionário que cuida do caixa, a entregar todo o dinheiro referente ao funcionamento da madrugada. H. obedeceu, mas entregou apenas R$ 15. Não satisfeito com a quantia, o assaltante insistiu, dizendo que se não entregassem todo o dinheiro iria roubar o carro de H.. Ele teria dito aos frentista que tinha certeza de quem havia mais dinheiro com eles, pois o roubo era fita dada (quando um assaltante recebe informações privilegiadas para cometer um crime).

Irritado com a insistência de que só havia R$ 15 no caixa, o ladrão pediu para H. ficar de costas e atirou duas vezes em Elvis.

Assustado, H. deu o restante do dinheiro – apenas R$ 60 – ao assaltante, que fugiu em seguida. H. pegou o colega no colo, o colocou em seu carro e levou Elvis para o Hospital Público de Diadema. Os projéteis ainda estão alojados no corpo de Elvis, que sofreu uma drenagem torácica e continua internado em estado grave.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;