Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sobrinho de bicheiro é condenado a 19 anos de prisão


Do Diário OnLine

24/05/2002 | 09:06


Rogério de Andrade foi condenado a uma pena de 19 anos e dez meses de prisão em regime fechado por ter mandado matar o primo Paulo de Andrade em uma emboscada na Barra da Tijuca, no Rio. O segurança de Paulo, Haroldo Bernardo, que estava no carro de Paulo na hora do crime, também foi morto. Após três dias de julgamento, a sentença foi lida pela juíza Angélica Guedes, do Quarto Tribunal do Júri, na madrugada desta sexta-feira.

Paulo era filho do bicheiro Castor de Andrade. Castor quando morreu deixou o controle do jogo do bicho para Rogério, o que despertou a ira de Paulo. Rogério matou o primo em 1998.

Angélica Guedes afirmou que Rógerio tem personalidade perversa e distorcida e traria riscos à sociedade caso ficasse em liberdade.

O condenado deixou o tribunal algemado, sem comentar a sentença. Ele foi levado à sede da Polinter, na zona portuária do Rio.

O ex-PM Jadilson Simenone, que cometeu os crimes, já foi condenado a nove anos e nove meses de prisão em regime fechado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sobrinho de bicheiro é condenado a 19 anos de prisão

Do Diário OnLine

24/05/2002 | 09:06


Rogério de Andrade foi condenado a uma pena de 19 anos e dez meses de prisão em regime fechado por ter mandado matar o primo Paulo de Andrade em uma emboscada na Barra da Tijuca, no Rio. O segurança de Paulo, Haroldo Bernardo, que estava no carro de Paulo na hora do crime, também foi morto. Após três dias de julgamento, a sentença foi lida pela juíza Angélica Guedes, do Quarto Tribunal do Júri, na madrugada desta sexta-feira.

Paulo era filho do bicheiro Castor de Andrade. Castor quando morreu deixou o controle do jogo do bicho para Rogério, o que despertou a ira de Paulo. Rogério matou o primo em 1998.

Angélica Guedes afirmou que Rógerio tem personalidade perversa e distorcida e traria riscos à sociedade caso ficasse em liberdade.

O condenado deixou o tribunal algemado, sem comentar a sentença. Ele foi levado à sede da Polinter, na zona portuária do Rio.

O ex-PM Jadilson Simenone, que cometeu os crimes, já foi condenado a nove anos e nove meses de prisão em regime fechado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;