Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vazamento no motor complica dia de brasileiros


Do Diário do Grande ABC

13/01/2010 | 07:00


O trajeto entre La Serena e Santiago não foi nada fácil para os brasileiros Jean Azevedo e Emerson Cavassim. Ontem, eles completaram os 238 quilômetros de especial na 16ª posição, mas tiveram problemas no motor do carro. "Começou a vazar óleo e ficamos um bom tempo na especial sentindo aquele cheiro forte dentro do carro", explicou Azevedo.

Mais uma vez, o melhor carro brasileiro no dia foi o pilotado por Guilherme Spinelli, com Filipe Palmeiro na navegação. A dupla retornou ao grupo dos dez melhores com a oitava posição na etapa.

Em um dia de recuperação, eles ganharam dez posições no trajeto, fechando a especial com o tempo de 3h10min31s. Azevedo/Cavassim fez 3h21min15s.

Na classificação geral, Spinelli/Palmeiro manteve a oitava colocação, enquanto Azevedo/Cavassim ganhou quatro postos, aparecendo agora em 30º.

Entre as motos, o destaque nacional foi Rodolpho Mattheis, que largou em 53º e cruzou a linha de chegada em 28º (3h36min44s). O resultado o coloca em 29º na classificação geral, ganhando seis posições na tabela.

Recuperado dos problemas de navegação que atrapalharam sua prova na véspera, Mattheis encarou o percurso do dia determinado. "Hoje (ontem) tive de correr literalmente atrás." Carlos Ambrósio ficou em 35º no dia e Vicente Neto em 72º.

Hoje, o Rali Dakar deixa o território chileno, retornando à Argentina. Serão 220 quilômetros de especiais de Santiago a San Juan.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vazamento no motor complica dia de brasileiros

Do Diário do Grande ABC

13/01/2010 | 07:00


O trajeto entre La Serena e Santiago não foi nada fácil para os brasileiros Jean Azevedo e Emerson Cavassim. Ontem, eles completaram os 238 quilômetros de especial na 16ª posição, mas tiveram problemas no motor do carro. "Começou a vazar óleo e ficamos um bom tempo na especial sentindo aquele cheiro forte dentro do carro", explicou Azevedo.

Mais uma vez, o melhor carro brasileiro no dia foi o pilotado por Guilherme Spinelli, com Filipe Palmeiro na navegação. A dupla retornou ao grupo dos dez melhores com a oitava posição na etapa.

Em um dia de recuperação, eles ganharam dez posições no trajeto, fechando a especial com o tempo de 3h10min31s. Azevedo/Cavassim fez 3h21min15s.

Na classificação geral, Spinelli/Palmeiro manteve a oitava colocação, enquanto Azevedo/Cavassim ganhou quatro postos, aparecendo agora em 30º.

Entre as motos, o destaque nacional foi Rodolpho Mattheis, que largou em 53º e cruzou a linha de chegada em 28º (3h36min44s). O resultado o coloca em 29º na classificação geral, ganhando seis posições na tabela.

Recuperado dos problemas de navegação que atrapalharam sua prova na véspera, Mattheis encarou o percurso do dia determinado. "Hoje (ontem) tive de correr literalmente atrás." Carlos Ambrósio ficou em 35º no dia e Vicente Neto em 72º.

Hoje, o Rali Dakar deixa o território chileno, retornando à Argentina. Serão 220 quilômetros de especiais de Santiago a San Juan.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;