Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Praias da Billings são próprias para banho, informa Cetesb

Contudo, quantidade de praias litorâneas impróprias para veranistas dobrou este ano em relação a 2007


Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

31/12/2008 | 07:06


As águas das cinco praias da Billings foram consideradas próprias para banho, ontem, segundo a Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental).

Contudo, a quantidade de praias litorâneas impróprias para os veranistas dobrou este ano em relação a 2007 (o comparativo é feito entre os dias 30 de dezembro deste ano e do ano passado). Em 2007, eram cinco as praias inadequadas - neste ano são dez, o equivalente a 6% das 155 praias do Estado.

A maioria delas está no Litoral Norte: são quatro em Ubatuba, duas em São Sebastião, duas em Ilhabela. As outras duas estão em São Vicente.

O gerente do setor de águas litorâneas da Cetesb, José Eduardo Bevilacqua, explica que ainda não é possível saber o motivo do aumento no número de praias impróprias.

"O aumento de praias impróprias no Litoral Norte muito provavelmente tem a ver com o comportamento sazonal. Porém, a balneabilidade não é uma ciência exata. Depende de vários outros fatores como chuvas fortes e despejos clandestinos de esgoto no mar", explica o gerente da Cetesb.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Praias da Billings são próprias para banho, informa Cetesb

Contudo, quantidade de praias litorâneas impróprias para veranistas dobrou este ano em relação a 2007

Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

31/12/2008 | 07:06


As águas das cinco praias da Billings foram consideradas próprias para banho, ontem, segundo a Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental).

Contudo, a quantidade de praias litorâneas impróprias para os veranistas dobrou este ano em relação a 2007 (o comparativo é feito entre os dias 30 de dezembro deste ano e do ano passado). Em 2007, eram cinco as praias inadequadas - neste ano são dez, o equivalente a 6% das 155 praias do Estado.

A maioria delas está no Litoral Norte: são quatro em Ubatuba, duas em São Sebastião, duas em Ilhabela. As outras duas estão em São Vicente.

O gerente do setor de águas litorâneas da Cetesb, José Eduardo Bevilacqua, explica que ainda não é possível saber o motivo do aumento no número de praias impróprias.

"O aumento de praias impróprias no Litoral Norte muito provavelmente tem a ver com o comportamento sazonal. Porém, a balneabilidade não é uma ciência exata. Depende de vários outros fatores como chuvas fortes e despejos clandestinos de esgoto no mar", explica o gerente da Cetesb.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;