Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Em São Bernardo, segunda UPA quer atender 200 mil


André Vieira
Do Diário do Grande ABC

30/06/2010 | 07:03


Inaugurada ontem pela Prefeitura de São Bernardo, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Demarchi/Batistini vai desafogar diretamente quatro UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da região e atender população estimada em 200 mil pessoas.

Concebidas pelo governo federal, as UPAs prestam atendimento 24 horas e são destinadas para casos de urgência e emergência de baixa e média complexidade.

Presente ao evento de abertura, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, destacou que os postos servem para integrar os serviços de saúde disponíveis nos municípios. "A UPA é uma grande solução. Complementa as atividades realizadas pelo Programa Saúde da Família e UBSs, e se integra com o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e os hospitais", explicou.

Segundo Temporão, uma análise do desempenho das UPAs do Estado do Rio de Janeiro constatou que a cada 1.000 pacientes atendidos, menos de dez precisaram ser transferidos para hospitais de referência. O prefeito Luiz Marinho (PT) informou que os recursos para a construção de mais sete UPAs em São Bernardo já estão disponíveis - dois novos postos deverão ser entregues em setembro.

A expectativa da Prefeitura é de que cada uma das nove unidades fique responsável pelo atendimento de grupos populacionais estimados em 100 mil pessoas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em São Bernardo, segunda UPA quer atender 200 mil

André Vieira
Do Diário do Grande ABC

30/06/2010 | 07:03


Inaugurada ontem pela Prefeitura de São Bernardo, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Demarchi/Batistini vai desafogar diretamente quatro UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da região e atender população estimada em 200 mil pessoas.

Concebidas pelo governo federal, as UPAs prestam atendimento 24 horas e são destinadas para casos de urgência e emergência de baixa e média complexidade.

Presente ao evento de abertura, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, destacou que os postos servem para integrar os serviços de saúde disponíveis nos municípios. "A UPA é uma grande solução. Complementa as atividades realizadas pelo Programa Saúde da Família e UBSs, e se integra com o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e os hospitais", explicou.

Segundo Temporão, uma análise do desempenho das UPAs do Estado do Rio de Janeiro constatou que a cada 1.000 pacientes atendidos, menos de dez precisaram ser transferidos para hospitais de referência. O prefeito Luiz Marinho (PT) informou que os recursos para a construção de mais sete UPAs em São Bernardo já estão disponíveis - dois novos postos deverão ser entregues em setembro.

A expectativa da Prefeitura é de que cada uma das nove unidades fique responsável pelo atendimento de grupos populacionais estimados em 100 mil pessoas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;