Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos evita falar sobre Cuca durante a 'semana Fluminense'



09/09/2008 | 07:10


Começou ontem à tarde, no CT Rei Pelé, a semana Fluminense para o Santos. Depois da folga de dois dias e do primeiro fim de semana fora da zona de rebaixamento, deixando para trás três meses de sofrimento e humilhação, o técnico Márcio Fernandes vai preparar o time como se fosse para uma decisão de título.

Se vencer, o Santos afasta um pouco mais o risco de queda para a Série B e se distancia de um concorrente direto, mas um resultado negativo fará o fantasma do rebaixamento voltar a rondar o clube.

A principal preocupação de Márcio é não dar armas que possam favorecer o ex-treinador santista Cuca. Por isso, a orientação é para que eles deixem de apontá-lo como o responsável por todos os males que a equipe sofreu no primeiro turno.
"Acho que tudo o que se passou no primeiro turno faz parte do passado. Peço desculpa, mas não quero falar nada sobre Cuca porque tenho dificuldade para falar português e posso ser mal interpretado", esquivou-se o paraguaio Cuevas. "Prefiro não criar polêmica, Não tive e nem tenho problema com ninguém."

Antes do jogo contra o Vitória, o colombiano Molina afirmou que o principal problema no Santos no primeiro turno foi que durante a semana Cuca treinava quatro maneiras diferentes e no jogo usava uma quinta.

POLÍCIA
Está marcado para a tarde de hoje, no 2º Distrito Policial
de Santos, o depoimento de Marcos Antônio Castelo, o Castelão, ex-segurança do Santos que foi flagrado pelo circuito interno de televisão do clube agredindo Emerson Leão, semana passada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santos evita falar sobre Cuca durante a 'semana Fluminense'


09/09/2008 | 07:10


Começou ontem à tarde, no CT Rei Pelé, a semana Fluminense para o Santos. Depois da folga de dois dias e do primeiro fim de semana fora da zona de rebaixamento, deixando para trás três meses de sofrimento e humilhação, o técnico Márcio Fernandes vai preparar o time como se fosse para uma decisão de título.

Se vencer, o Santos afasta um pouco mais o risco de queda para a Série B e se distancia de um concorrente direto, mas um resultado negativo fará o fantasma do rebaixamento voltar a rondar o clube.

A principal preocupação de Márcio é não dar armas que possam favorecer o ex-treinador santista Cuca. Por isso, a orientação é para que eles deixem de apontá-lo como o responsável por todos os males que a equipe sofreu no primeiro turno.
"Acho que tudo o que se passou no primeiro turno faz parte do passado. Peço desculpa, mas não quero falar nada sobre Cuca porque tenho dificuldade para falar português e posso ser mal interpretado", esquivou-se o paraguaio Cuevas. "Prefiro não criar polêmica, Não tive e nem tenho problema com ninguém."

Antes do jogo contra o Vitória, o colombiano Molina afirmou que o principal problema no Santos no primeiro turno foi que durante a semana Cuca treinava quatro maneiras diferentes e no jogo usava uma quinta.

POLÍCIA
Está marcado para a tarde de hoje, no 2º Distrito Policial
de Santos, o depoimento de Marcos Antônio Castelo, o Castelão, ex-segurança do Santos que foi flagrado pelo circuito interno de televisão do clube agredindo Emerson Leão, semana passada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;