Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Israel Santana recua e diz que fica no PFL


Gislayne Jacinto
Da Redaçao

29/09/1999 | 20:17


O presidente da Câmara de Santo André, Israel Santana, recuou e decidiu permanecer no PFL, mesmo contra a vontade da direçao municipal do partido. Santana só ficou no PFL devido a uma decisao da Executiva Estadual, que negou pedido de expulsao feita por pefelistas andreenses com base em denúncias contra sua gestao à frente da presidência do Legislativo. O vereador é investigado por duas CPIs (Comissoes Parlamentares de Inquérito) na Câmara.

Na semana passada, Santana havia decido abandonar o partido. "Estou no PFL há 15 anos. Todos conhecem a minha idoneidade." Santana disse que ficou feliz em saber que a Executiva nao aceitou a sua desfiliaçao. "Na semana passada, conversei com os senadores Antonio Carlos Magalhaes e Romeu Tuma, com o deputado federal Gilberto Kassab e com o presidente estadual do partido Cláudio Lembo. Todos deram apoio à minha permanência no partido", disse.

O presidente do PFL em Santo André, Roberto Nasser Turcao, disse que vai respeitar a decisao da direçao estadual.

A CPI que apura supostas irregularidades na compra de um painel eletrônico e a reforma na sede do Legislativo ouviu nesta quarta Vanderlei de Souza Barbeiro, diretor da empresa Gimenez Nakazone, vencedora da licitaçao para a compra do equipamento.

A CPI do painel apura uma eventual combinaçao entre as empresas, o que é proibido por lei. Barbeiro confirmou que tem ligaçao com a Micromática, outra participante da licitaçao, mas negou qualquer relaçao com a empresa Estampa. "Nós somos parceiros da Micromática porque ela é fabricante do produto. Nao temos nada a ver com a Estampa", afirmou.

Barbeiro disse ter estranhado a polêmica em torno da compra do equipamento. "Temos informaçoes de outras câmaras que pagaram mais pelos painéis." O preço do painel de Santo André, que custou R$ 66,6 mil, está sendo considerado superfaturado, já que a Câmara de Sao Bernardo pagou R$ 23 mil a menos por equipamento similar.

O novo integrante da comissao, em substituiçao ao vereador Márcio Pereira (PSDB), que renunciou ao cargo de relator na terça, é Carlos Raposo (PSDB).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;