Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia alimenta animais de mata incendiada em SP


Do Diário do Grande ABC

07/09/1999 | 18:59


No Noroeste Paulista, antas, macacos, araras, veados e outros bichos que restaram do incêndio em 240 hectares de mata no município de Santo Antônio do Aracanguá, a 600 quilômetros de Sao Paulo, estao tendo uma nova chance de sobrevivência. Nesta semana a Polícia Florestal de Araçatuba iniciou uma campanha para arrecadar frutas, verduras e legumes que podem ser consumidos pelos animais. O apelo vem sendo respondido por quitandeiros, agricultores e donas de casa.

Cerca de cem quilos de cenoura, tomate e batatas foram depositados segunda-feira (06) em vários pontos da mata semiqueimada. Nessa terça-feira o acesso à reserva foi proibido para permitir que os animais cheguem aos locais onde foi depositada a comida. Os policiais disseram que o fogo matou cobras, macacos, lagartos e tatus. Mas o sargento Paulo Cézar Alves acredita que muitos deles poderao ser salvos porque na reserva atingida pela queimada passa um pequeno córrego com água suficiente para matar a sede dos bichos.

Há cinco anos, quando ocorreu incêndio da mesma proporçao na reserva, a Polícia Militar passou três semanas levando alimentos doados pela populaçao de Araçatuba, que fica a menos de 30 quilômetros da mata destruída. O fogo desta vez começou na fazenda Macaúba na noite de quarta-feira e até segunda-feira ainda havia vários focos.

O motorista Alexandre Rodrigues dos Santos, 26 anos, e o estudante Cleverson Garcia, 22 anos, foram presos em flagrante acusados de provocar o fogo, que acabou atingindo outras fazendas vizinhas como Cachoeirinha, Sao Judas Tadeu, Cafezinho e Santa Virgínia. No fim de semana eles foram soltos por ordem da Justiça federal e vao aguardar o processo em liberdade. Se condenados poderao pegar de dois a quatro anos de prisao.

Esta terça-feira foi mais um dia seco naquela regiao do estado, com vários focos de incêndio em pastagens. A beira da estrada o fogo está destruindo os postes de madeira, interrompendo o fornecimento de energia elétrica e derrubando redes de telefone convencional. Em Andradina esse foi o maior trabalho das equipes de plantao nas áreas de distribuiçao de energia e telefonia.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;