Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Atlético-MG desafia time da casa para ir à decisão



18/12/2013 | 07:00


Campeão da Libertadores, o Atlético-MG vai em busca agora de mais um título inédito. Nesta quarta-feira, faz a estreia no Mundial de Clubes, em jogo contra o anfitrião Raja Casablanca, a partir das 17h30 (horário de Brasília), em Marrakesh, no Marrocos. Apesar de enfrentar o representante local, diante de uma entusiasmada torcida adversária, o favoritismo é atleticano para chegar à final de sábado. E, para isso, a equipe mineira conta com o astro Ronaldinho Gaúcho.

Recuperado de uma grave lesão muscular, que quase impediu sua presença na competição no Marrocos, Ronaldinho Gaúcho está pronto e motivado para levar o Atlético-MG ao título. Depois de falhar uma vez no Mundial com o Barcelona, em 2006, o astro garante que está preparado para escrever um novo capítulo na história do futebol. A derrota naquela final para o Internacional serve de combustível para ele agora tentar dar a volta por cima em busca do título que falta em sua galeria de conquistas.

"A motivação é de conquistar esse título e poder levar o nome do Atlético ao lugar mais alto do futebol. A motivação é fora do normal e estamos muito preparados para este jogo", disse Ronaldinho Gaúcho. O astro está tão confiante em avançar à decisão que até ignorou a provocação do adversário Madibe, do Raja Casablanca, que afirmou que ele não é mais o jogador que era na época do Barcelona. "Meu sonho era fazer história no clube e, agora, veio essa possibilidade. Desde que cheguei ao Atlético, vivi um ano e meio maravilhoso e quero fechar com chave de ouro", avisou.

FORÇA MÁXIMA - Depois de realizar treinos secretos no Marrocos, o técnico Cuca vai contar com o que tem de melhor para pegar o time marroquino nesta quarta-feira. Apostando na força de seu rápido setor ofensivo, as jogadas individuais viraram arma para furar o paredão defensivo dos donos da casa. Até pelo fato de as faltas também serem uma arma com a habilidade de Ronaldinho Gaúcho nas cobranças.

Cuca vai apostar na tática que deu muito certo na conquista da Libertadores: a blitz ofensiva. "É um time bom, que se defende bem e sai rápido no contra-ataque, mas não podemos abdicar do que estamos acostumados, que é pressionar adversário. Isso que a gente sabe e vai fazer", garantiu o goleiro Victor. "É uma equipe que joga fechada, fica com a bola no pé e dificilmente dá chutão. Vamos ter de usar a qualidade de cada um para tentar furar a retranca", endossou o atacante Diego Tardelli.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atlético-MG desafia time da casa para ir à decisão


18/12/2013 | 07:00


Campeão da Libertadores, o Atlético-MG vai em busca agora de mais um título inédito. Nesta quarta-feira, faz a estreia no Mundial de Clubes, em jogo contra o anfitrião Raja Casablanca, a partir das 17h30 (horário de Brasília), em Marrakesh, no Marrocos. Apesar de enfrentar o representante local, diante de uma entusiasmada torcida adversária, o favoritismo é atleticano para chegar à final de sábado. E, para isso, a equipe mineira conta com o astro Ronaldinho Gaúcho.

Recuperado de uma grave lesão muscular, que quase impediu sua presença na competição no Marrocos, Ronaldinho Gaúcho está pronto e motivado para levar o Atlético-MG ao título. Depois de falhar uma vez no Mundial com o Barcelona, em 2006, o astro garante que está preparado para escrever um novo capítulo na história do futebol. A derrota naquela final para o Internacional serve de combustível para ele agora tentar dar a volta por cima em busca do título que falta em sua galeria de conquistas.

"A motivação é de conquistar esse título e poder levar o nome do Atlético ao lugar mais alto do futebol. A motivação é fora do normal e estamos muito preparados para este jogo", disse Ronaldinho Gaúcho. O astro está tão confiante em avançar à decisão que até ignorou a provocação do adversário Madibe, do Raja Casablanca, que afirmou que ele não é mais o jogador que era na época do Barcelona. "Meu sonho era fazer história no clube e, agora, veio essa possibilidade. Desde que cheguei ao Atlético, vivi um ano e meio maravilhoso e quero fechar com chave de ouro", avisou.

FORÇA MÁXIMA - Depois de realizar treinos secretos no Marrocos, o técnico Cuca vai contar com o que tem de melhor para pegar o time marroquino nesta quarta-feira. Apostando na força de seu rápido setor ofensivo, as jogadas individuais viraram arma para furar o paredão defensivo dos donos da casa. Até pelo fato de as faltas também serem uma arma com a habilidade de Ronaldinho Gaúcho nas cobranças.

Cuca vai apostar na tática que deu muito certo na conquista da Libertadores: a blitz ofensiva. "É um time bom, que se defende bem e sai rápido no contra-ataque, mas não podemos abdicar do que estamos acostumados, que é pressionar adversário. Isso que a gente sabe e vai fazer", garantiu o goleiro Victor. "É uma equipe que joga fechada, fica com a bola no pé e dificilmente dá chutão. Vamos ter de usar a qualidade de cada um para tentar furar a retranca", endossou o atacante Diego Tardelli.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;