Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Terceirizados da Vivo e Icomom entram em acordo e mobilização é pontual

Cerca de 300 se reuniram ontem em Sto.André em protesto ao ajuste de escala e horários


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

18/12/2013 | 07:00


 A mobilização dos funcionários da Icomom Telecomunicações – empresa terceirizada da Telefônica Vivo – durou apenas algumas horas. Do total de 840 funcionários atuantes na região, cerca de 300 participaram da reunião na manhã de ontem, na Praça Francisco Peruchi, Parque Novo Oratório, em Santo André. A estimativa é do diretor regional do Sintetel (Sindicato dos Trabalhadores de Telecomunicação do Estado de São Paulo), Mauro Cava de Britto.

O objetivo do encontro era protestar contra o aumento da carga horária. Trabalhadores, inclusive, entraram em contato com o Diário para expor a situação. Segundo eles, a empresa aumentaria a escala atual, chamada seis por um (seis dias trabalhados para um de folga). Hoje, eles têm dois fins de semana completos com a família, ou seja, sábado e domingo.

No entanto, o gerente geral da Icomom, Roberto Monteiro Magalhães, disse que tudo não passou de um mal-entendido. “O ato não era necessário. Estamos apenas cumprindo com o que a legislação prevê, que é de trabalhar até seis dias consecutivos e folgar um. Mas, a forma como isso está sendo feito e, com novas contratações, os funcionários continuarão com o mesmo volume de folga de antes.” Com os esclarecimentos, os empregados retomaram suas atividades.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Terceirizados da Vivo e Icomom entram em acordo e mobilização é pontual

Cerca de 300 se reuniram ontem em Sto.André em protesto ao ajuste de escala e horários

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

18/12/2013 | 07:00


 A mobilização dos funcionários da Icomom Telecomunicações – empresa terceirizada da Telefônica Vivo – durou apenas algumas horas. Do total de 840 funcionários atuantes na região, cerca de 300 participaram da reunião na manhã de ontem, na Praça Francisco Peruchi, Parque Novo Oratório, em Santo André. A estimativa é do diretor regional do Sintetel (Sindicato dos Trabalhadores de Telecomunicação do Estado de São Paulo), Mauro Cava de Britto.

O objetivo do encontro era protestar contra o aumento da carga horária. Trabalhadores, inclusive, entraram em contato com o Diário para expor a situação. Segundo eles, a empresa aumentaria a escala atual, chamada seis por um (seis dias trabalhados para um de folga). Hoje, eles têm dois fins de semana completos com a família, ou seja, sábado e domingo.

No entanto, o gerente geral da Icomom, Roberto Monteiro Magalhães, disse que tudo não passou de um mal-entendido. “O ato não era necessário. Estamos apenas cumprindo com o que a legislação prevê, que é de trabalhar até seis dias consecutivos e folgar um. Mas, a forma como isso está sendo feito e, com novas contratações, os funcionários continuarão com o mesmo volume de folga de antes.” Com os esclarecimentos, os empregados retomaram suas atividades.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;