Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

INSS começa 2ª fase do Censo na próxima semana


William Glauber
Do Diário do Grande ABC

31/03/2006 | 07:41


Mais de 14,7 milhões de aposentados, pensionistas e segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) de todo o país começam nesta segunda-feira a atualizar dados cadastrais na segunda fase do Censo Previdenciário. Até janeiro de 2007, os segurados serão recenseados para eliminar fraudes, falhas e pagamentos indevidos dos benefícios concedidos pela Previdência Social. Caso não forneça as informações ao INSS, o segurado pode ter o recebimento do benefício suspenso.

A atualização dos dados será realizada na própria agência bancária em que o segurado recebe o benefício mensalmente. A partir de abril, os convocados, cujo final do benefício for o número 1, deverão repassar as informações aos bancos por meio de formulário. Em maio, é a vez de aposentados e pensionistas com benefícios de final 2. Em janeiro do próximo ano, segurados com benefícios de final zero atualizam os dados. (ver tabela nesta página)

Para o recenseamento, o beneficiário deverá apresentar obrigatoriamente documento de identidade (RG, carteira de trabalho, carteira de habilitação, carteira profissional ou passaporte) e CPF (Cadastro de Pessoa Física). Além disso, o INSS solicita também, opcionalmente, a apresentação de comprovante de residência, título de eleitor e NIT (Número de Identificação do Trabalhador). Procurador, devidamente cadastrado no INSS, pode atualizar dados do beneficiário.

Durante este mês, aposentados, pensionistas e segurados receberam no extrato de pagamento de benefício ou nos terminais de auto-atendimento dos bancos a convocação para o Censo Previdenciário. Os segurados que não foram chamados para o ajuste de informações à Previdência receberam uma mensagem dispensando-os do recenseamento.

Em caso de dúvidas, os beneficiários podem acessar o site da Previdência Social (www.previdencia.org.br) ou ligar para o PREVFone (0800-780191).

Critérios – A gerente-executiva do INSS de Santo André, Fátima Conceição Gomes, destaca a importância da atualização dos dados cadastrais à Previdência Social. "É uma ação para eliminar pagamentos indevidos. Se imaginarmos o número de benefícios, certamente em muitos há dados inconsistentes, mesmo tendo, ao longo dos anos, diminuído o número de fraudes", esclarece.

Fátima acrescenta ainda que esses dados inconsistentes podem apontar, por exemplo, para o recebimento de duplo benefício. "Existem benefícios que não podem ser acumulados, como aposentadoria por invalidez e aposentadoria por idade." O recenseamento vai impedir também que benefício de segurado falecido seja recebido indevidamente por familiares ou terceiros.

Ao realizarem recadastramento, a principal recomendação do INSS aos segurados é a antecedência. "Todos devem comparecer com tranqüilidade. E o mais importante é que os segurados não tenham medo de fornecer os dados à Previdência porque isso é uma garantia de recebimento para o próprio beneficiário."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;