Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Após briga, líder da torcida organizada do River morre baleado


Da AFP

09/08/2007 | 10:33


Martín Gonzalo Acro, um dos líderes da 'barrabrava' (os 'hooligans' argentinos) do River Plate, morreu nesta quinta-feira, em um hospital de Buenos Aires. Ele tinha sido internado na véspera depois de ser baleado por torcidas rivais.

"O paciente faleceu durante a madrugada e a família já foi informada", informou Mario Visiglia, chefe da terapia intensiva do estatal Hospital Pirovano.

Dois 'barrabravas' do River Plate foram baleados por facções rivais na madrugada desta quarta-feira em Buenos de Argentina.

Os dois torcedores, segundo a polícia portenha, são membros de uma facção denominada "los borrachos del tablón" (os bêbados do pranchão, em uma tradução livre), e cuja liderança vem sendo disputada mediante atentados com armas, emboscadas e ataques nos estádios onde joga o River Plate, que já deixaram dezenas de feridos.

A violência é considerada um mal endêmico no futebol argentino, cuja liga profissional já estabeleceu várias medidas para evitá-la, como reduzir para a metade a venda de ingresso para torcedores visitantes.

Um dos últimos choques entre 'barrabravas' do River aconteceu em fevereiro, quando dezenas de torcedores se enfrentaram em batalha campal, nas proximidades do estádio Monumental, deixou pelo menos dez feridos graves.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;