Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 22 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Pinheiro livre para 2020 em S.Caetano


Raphael Rocha
Do dgabc.com.br

29/05/2019 | 22:15


A mesa diretora da Câmara de São Caetano, chefiada por Pio Mielo (MDB), bateu o martelo: vai colocar na próxima sessão, terça-feira, as contas do ex-prefeito Paulo Pinheiro (DEM) em votação. A avaliação é referente ao balancete de 2014, que recebeu parecer pela rejeição do TCE (Tribunal de Contas do Estado). Há o entendimento interno de que a contabilidade merece aprovação do Legislativo e, inclusive, articulação costurada para que Pinheiro seja absolvido. Assim, o democrata, adversário do ex-prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), estará livre para concorrer ao Paço em 2020. A presença de Pinheiro no jogo eleitoral é analisada inclusive por figuras de dentro do governo. Há quem diga que candidatura do democrata é importante até mesmo para Auricchio, para dividir votos e favorecer quem está no Palácio da Cerâmica. Outros, porém, pensam que Pinheiro deveria estar fora do pleito, pois tem recall eleitoral e carisma suficientes para atrapalhar os planos de reeleição.

ParlAmericas
Secretário de relações internacionais da Câmara Federal, o deputado Alex Manente (Cidadania), de São Bernardo, chefia a delegação brasileira no ParlAmericas, evento que reúne lideranças de toda a América e que acontece em Ottawa, no Canadá. Na terça-feira, ele e a delegação estiveram na Canopy Growth Corp, maior companhia licenciada para produção de produtos à base de canabidiol para uso medicinal do Canadá. “São medicamentos fundamentais para controle de várias doenças, como epilepsia e dores crônicas. A tendência é regulamentar no Brasil, pois muitas pessoas dependem disso. Estamos adquirindo experiências importantes para levarmos com firmeza e seriedade essa proposta para o Brasil”, disse Alex.

Mario de Abreu – 1
O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) negou pedido do vereador afastado Mario de Abreu (PSDB), de São Bernardo, para retomar a cadeira na Câmara. O tucano está distante das funções desde agosto de 2018, quando o Judiciário determinou a suspensão temporária do mandato. Mario de Abreu foi alvo da Operação Barbatana, conduzida pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), quando era secretário de Gestão Ambiental do governo de Orlando Morando (PSDB). Exonerado do cargo, retomou o mandato de vereador – estava licenciado para ocupar o posto no primeiro escalão do Paço.

Mario de Abreu – 2
Desde a decisão do juiz Leonardo Fernando de Souza Almeida, da 4ª Vara Criminal de São Bernardo, em agosto – suspendendo o mandato –, Mario de Abreu tenta voltar, por meios jurídicos, ao Legislativo. A decisão do TJ-SP foi publicada na segunda-feira. A defesa do tucano agora deve recorrer ao STJ (Superior Tribunal de Justiça). Por ora, seu mandato é ocupado pelo suplente Almir do Gás. O vereador afastado foi acusado pelo Ministério Público de vender cargos públicos e também de negociar licenças ambientais. Sua prisão chegou a ser decretada, mas a defesa conseguiu habeas corpus para soltura. Ele nega todas as acusações.

Reeleição
Ex-vereador de São Caetano, Cidão do Sindicato (SD) foi reeleito presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano com 2.641 votos, o que equivale a 94,39% do quórum eleitoral. O pleito teve chapa única e, internamente, o que se comenta é que a ausência de rivais decorre do trabalho de Cidão em torno da possibilidade da saída da GM (General Motors) da cidade. Sua atuação pela permanência da montadora foi o mote da campanha.

Resposta
Ex-secretário em Santo André, Nilson Bonome (PRB) procurou a coluna para dizer que tem respaldo das executivas nacional e estadual do PRB para lançar projeto próprio à Prefeitura de Santo André no ano que vem. Bonome afirmou que em fevereiro esteve em reunião com o presidente estadual de seu partido, Sérgio Fontellas, e, na presença do coordenador regional do PRB, Erisson Pessoa, e do presidente do PRB andreense, vereador Ronaldo de Castro, foi incentivado a concorrer ao cargo. A declaração é resposta à frase do ex-deputado José Bittencourt (PRB), que, ao Diário, defendeu composição da legenda com o prefeito Paulo Serra (PSDB) em 2020. Internamente, a frase de Bittencourt foi interpretada como indicativo de sua saída da legenda. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pinheiro livre para 2020 em S.Caetano

Raphael Rocha
Do dgabc.com.br

29/05/2019 | 22:15


A mesa diretora da Câmara de São Caetano, chefiada por Pio Mielo (MDB), bateu o martelo: vai colocar na próxima sessão, terça-feira, as contas do ex-prefeito Paulo Pinheiro (DEM) em votação. A avaliação é referente ao balancete de 2014, que recebeu parecer pela rejeição do TCE (Tribunal de Contas do Estado). Há o entendimento interno de que a contabilidade merece aprovação do Legislativo e, inclusive, articulação costurada para que Pinheiro seja absolvido. Assim, o democrata, adversário do ex-prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), estará livre para concorrer ao Paço em 2020. A presença de Pinheiro no jogo eleitoral é analisada inclusive por figuras de dentro do governo. Há quem diga que candidatura do democrata é importante até mesmo para Auricchio, para dividir votos e favorecer quem está no Palácio da Cerâmica. Outros, porém, pensam que Pinheiro deveria estar fora do pleito, pois tem recall eleitoral e carisma suficientes para atrapalhar os planos de reeleição.

ParlAmericas
Secretário de relações internacionais da Câmara Federal, o deputado Alex Manente (Cidadania), de São Bernardo, chefia a delegação brasileira no ParlAmericas, evento que reúne lideranças de toda a América e que acontece em Ottawa, no Canadá. Na terça-feira, ele e a delegação estiveram na Canopy Growth Corp, maior companhia licenciada para produção de produtos à base de canabidiol para uso medicinal do Canadá. “São medicamentos fundamentais para controle de várias doenças, como epilepsia e dores crônicas. A tendência é regulamentar no Brasil, pois muitas pessoas dependem disso. Estamos adquirindo experiências importantes para levarmos com firmeza e seriedade essa proposta para o Brasil”, disse Alex.

Mario de Abreu – 1
O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) negou pedido do vereador afastado Mario de Abreu (PSDB), de São Bernardo, para retomar a cadeira na Câmara. O tucano está distante das funções desde agosto de 2018, quando o Judiciário determinou a suspensão temporária do mandato. Mario de Abreu foi alvo da Operação Barbatana, conduzida pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), quando era secretário de Gestão Ambiental do governo de Orlando Morando (PSDB). Exonerado do cargo, retomou o mandato de vereador – estava licenciado para ocupar o posto no primeiro escalão do Paço.

Mario de Abreu – 2
Desde a decisão do juiz Leonardo Fernando de Souza Almeida, da 4ª Vara Criminal de São Bernardo, em agosto – suspendendo o mandato –, Mario de Abreu tenta voltar, por meios jurídicos, ao Legislativo. A decisão do TJ-SP foi publicada na segunda-feira. A defesa do tucano agora deve recorrer ao STJ (Superior Tribunal de Justiça). Por ora, seu mandato é ocupado pelo suplente Almir do Gás. O vereador afastado foi acusado pelo Ministério Público de vender cargos públicos e também de negociar licenças ambientais. Sua prisão chegou a ser decretada, mas a defesa conseguiu habeas corpus para soltura. Ele nega todas as acusações.

Reeleição
Ex-vereador de São Caetano, Cidão do Sindicato (SD) foi reeleito presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano com 2.641 votos, o que equivale a 94,39% do quórum eleitoral. O pleito teve chapa única e, internamente, o que se comenta é que a ausência de rivais decorre do trabalho de Cidão em torno da possibilidade da saída da GM (General Motors) da cidade. Sua atuação pela permanência da montadora foi o mote da campanha.

Resposta
Ex-secretário em Santo André, Nilson Bonome (PRB) procurou a coluna para dizer que tem respaldo das executivas nacional e estadual do PRB para lançar projeto próprio à Prefeitura de Santo André no ano que vem. Bonome afirmou que em fevereiro esteve em reunião com o presidente estadual de seu partido, Sérgio Fontellas, e, na presença do coordenador regional do PRB, Erisson Pessoa, e do presidente do PRB andreense, vereador Ronaldo de Castro, foi incentivado a concorrer ao cargo. A declaração é resposta à frase do ex-deputado José Bittencourt (PRB), que, ao Diário, defendeu composição da legenda com o prefeito Paulo Serra (PSDB) em 2020. Internamente, a frase de Bittencourt foi interpretada como indicativo de sua saída da legenda. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;