Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

PSDB de Diadema vira página de Zé Augusto


Raphael Rocha

22/05/2019 | 07:00


O ex-prefeito de Diadema José Augusto da Silva Ramos, durante anos, foi o principal cacique do PSDB local. Chegou no fim dos anos 2000, depois de sair do PT e de passagem rápida pelo PPS (hoje Cidadania). Foram praticamente duas décadas de liderança, ditando regras internas. Mas, desde a derrota sofrida em 2016, quando sequer foi eleito vereador de Diadema, Zé Augusto amarga ostracismo no tucanato local. Nem mesmo seu fiel escudeiro, o ex-vereador José Dourado – hoje secretário de Segurança Alimentar do governo Lauro Michels (PV) –, goza de prestígio interno. Pela primeira vez desde que desembarcaram no partido, nem Zé Augusto nem Zé Dourado estão na executiva do PSDB municipal. Zé Dourado pode até falar que seu filho, Fagner Dourado, conhecido como Nego, está no rol – é vogal do diretório –, porém, Nego diverge politicamente do pai e tem desferido críticas ao governo Lauro. Sinais de novos tempos no tucanato diademense, chefiado por Mamede Rasou Salem e com o ex-secretário Atevaldo Leitão como vice.

BASTIDORES

Luto
Morreu na madrugada de ontem Oscar Garbelotto, professor e advogado de São Caetano, aos 86 anos. Ele foi o primeiro diretor de Educação e Cultura da Prefeitura e foi presidente da Fundação das Artes e da Fundação Pró-Memória, além de ter sido um dos responsáveis pela fundação do Imes (Instituto Municipal de Ensino Superior), atual USCS (Universidade Municipal de São Caetano). Garbelotto sofria há quatro anos de anemia plástica, que resulta em mau funcionamento da medula, e morreu em decorrência da doença. O corpo foi enterrado ontem no Cemitério São Caetano. O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) postou mensagem de solidariedade aos familiares. No ano passado, Garbelotto foi um dos personagens da série de entrevistas em celebração aos 60 anos deste Diário e criticou a falta de vontade política para preservar a memória da região – algo que ele sempre defendeu no centro montado na USCS para resgatar o passado.

Movimentações
As bolsas de apostas nos bastidores da Câmara de São Bernardo seguem movimentadas sobre votação das contas do ex-prefeito Luiz Marinho (PT). Tem gente apostando que até mesmo vereadores do PSDB podem ir contra os planos do atual prefeito, Orlando Morando (PSDB). Não votariam a favor de Marinho, mas se ausentariam da sessão, o que já favorece, indiretamente, o petista.

Vale-transporte
A Câmara de São Caetano aprovou ontem, em duas votações (sendo uma extraordinária), projeto de lei do governo do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) que reajusta o valor do vale-transporte para alunos da rede pública contemplados no programa. Agora, eles terão direito a R$ 130 mensais.

Caminhoneiros
Durante evento de anúncio de investimentos na fábrica da Scania, em São Bernardo, o governador João Doria (PSDB) e o secretário da Fazenda, Henrique Meirelles (MDB), mostraram desenvoltura ao dirigir um caminhão movido a gás. O percurso percorrido foi pequeno, mas ambos mostraram familiaridade com o maquinário.

Manifesto
No mesmo evento, o governador João Doria (PSDB) foi questionado se participará dos atos convocados para domingo em apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). “Não irei”, disse. “As manifestações são legítimas. Sendo pacíficas, todas elas são legítimas. São Paulo estabeleceu uma programação de segurança também para que não haja nenhuma conturbação nas manifestações pró ou contrárias e eu entendo que isso faz parte da democracia.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PSDB de Diadema vira página de Zé Augusto

Raphael Rocha

22/05/2019 | 07:00


O ex-prefeito de Diadema José Augusto da Silva Ramos, durante anos, foi o principal cacique do PSDB local. Chegou no fim dos anos 2000, depois de sair do PT e de passagem rápida pelo PPS (hoje Cidadania). Foram praticamente duas décadas de liderança, ditando regras internas. Mas, desde a derrota sofrida em 2016, quando sequer foi eleito vereador de Diadema, Zé Augusto amarga ostracismo no tucanato local. Nem mesmo seu fiel escudeiro, o ex-vereador José Dourado – hoje secretário de Segurança Alimentar do governo Lauro Michels (PV) –, goza de prestígio interno. Pela primeira vez desde que desembarcaram no partido, nem Zé Augusto nem Zé Dourado estão na executiva do PSDB municipal. Zé Dourado pode até falar que seu filho, Fagner Dourado, conhecido como Nego, está no rol – é vogal do diretório –, porém, Nego diverge politicamente do pai e tem desferido críticas ao governo Lauro. Sinais de novos tempos no tucanato diademense, chefiado por Mamede Rasou Salem e com o ex-secretário Atevaldo Leitão como vice.

BASTIDORES

Luto
Morreu na madrugada de ontem Oscar Garbelotto, professor e advogado de São Caetano, aos 86 anos. Ele foi o primeiro diretor de Educação e Cultura da Prefeitura e foi presidente da Fundação das Artes e da Fundação Pró-Memória, além de ter sido um dos responsáveis pela fundação do Imes (Instituto Municipal de Ensino Superior), atual USCS (Universidade Municipal de São Caetano). Garbelotto sofria há quatro anos de anemia plástica, que resulta em mau funcionamento da medula, e morreu em decorrência da doença. O corpo foi enterrado ontem no Cemitério São Caetano. O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) postou mensagem de solidariedade aos familiares. No ano passado, Garbelotto foi um dos personagens da série de entrevistas em celebração aos 60 anos deste Diário e criticou a falta de vontade política para preservar a memória da região – algo que ele sempre defendeu no centro montado na USCS para resgatar o passado.

Movimentações
As bolsas de apostas nos bastidores da Câmara de São Bernardo seguem movimentadas sobre votação das contas do ex-prefeito Luiz Marinho (PT). Tem gente apostando que até mesmo vereadores do PSDB podem ir contra os planos do atual prefeito, Orlando Morando (PSDB). Não votariam a favor de Marinho, mas se ausentariam da sessão, o que já favorece, indiretamente, o petista.

Vale-transporte
A Câmara de São Caetano aprovou ontem, em duas votações (sendo uma extraordinária), projeto de lei do governo do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) que reajusta o valor do vale-transporte para alunos da rede pública contemplados no programa. Agora, eles terão direito a R$ 130 mensais.

Caminhoneiros
Durante evento de anúncio de investimentos na fábrica da Scania, em São Bernardo, o governador João Doria (PSDB) e o secretário da Fazenda, Henrique Meirelles (MDB), mostraram desenvoltura ao dirigir um caminhão movido a gás. O percurso percorrido foi pequeno, mas ambos mostraram familiaridade com o maquinário.

Manifesto
No mesmo evento, o governador João Doria (PSDB) foi questionado se participará dos atos convocados para domingo em apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). “Não irei”, disse. “As manifestações são legítimas. Sendo pacíficas, todas elas são legítimas. São Paulo estabeleceu uma programação de segurança também para que não haja nenhuma conturbação nas manifestações pró ou contrárias e eu entendo que isso faz parte da democracia.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;