Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Demissão de professor gera protesto no Jaçatuba


Lucas Tieppo
Especial para o Diário

06/11/2009 | 07:00


O E.C. Santo André viveu dias turbulentos durante a semana. Um grupo de associados protestou pedindo a readmissão do professor de caratê. A dispensa do profissional, segundo pais de alunos do esporte, foi injusta, pois ele desempenhava bem suas funções.

"A diretoria não explicou o porquê da demissão do professor", questiona a associada Janete Tamanaha.

Na noite de quarta-feira foi realizada uma reunião entre membros da diretoria e cerca de dez associados. Após o encontro, o vice-presidente Social, Esportes e Recração, José Barbosa Santos Neto, afirmou que a situação seria analisada. "Os pais queriam o retorno do professor, falaram de suas qualidade. A situação será avaliada até terça-feira", explicou. Neto, no entanto, ponderou. "Como professor não tinhamos nenhum problema, ele fazia bem o seu trabalho. Porém, tinhamos problemas na conduta como funcionário, em algumas atitudes isoladas."

O presidente do E.C. Santo André, Celso Luiz de Almeida, não se prolongou no assunto. "A decisão está tomada e o professor não voltará. Ele era funcionário do clube e foi tomada uma decisão administrativa. Da mesma forma o professor foi contratado, ele foi demitido", resumiu.

ADMINISTRAÇÃO - Os associados também afirmaram que o clube está sendo mal administrado e reclaram que quadras, parquinhos e a piscina não estão recebendo a devida manutenção.

O vice-presidente de Esportes rebateu as reclamações. "Está tudo em ordem no clube", concluiu Neto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Demissão de professor gera protesto no Jaçatuba

Lucas Tieppo
Especial para o Diário

06/11/2009 | 07:00


O E.C. Santo André viveu dias turbulentos durante a semana. Um grupo de associados protestou pedindo a readmissão do professor de caratê. A dispensa do profissional, segundo pais de alunos do esporte, foi injusta, pois ele desempenhava bem suas funções.

"A diretoria não explicou o porquê da demissão do professor", questiona a associada Janete Tamanaha.

Na noite de quarta-feira foi realizada uma reunião entre membros da diretoria e cerca de dez associados. Após o encontro, o vice-presidente Social, Esportes e Recração, José Barbosa Santos Neto, afirmou que a situação seria analisada. "Os pais queriam o retorno do professor, falaram de suas qualidade. A situação será avaliada até terça-feira", explicou. Neto, no entanto, ponderou. "Como professor não tinhamos nenhum problema, ele fazia bem o seu trabalho. Porém, tinhamos problemas na conduta como funcionário, em algumas atitudes isoladas."

O presidente do E.C. Santo André, Celso Luiz de Almeida, não se prolongou no assunto. "A decisão está tomada e o professor não voltará. Ele era funcionário do clube e foi tomada uma decisão administrativa. Da mesma forma o professor foi contratado, ele foi demitido", resumiu.

ADMINISTRAÇÃO - Os associados também afirmaram que o clube está sendo mal administrado e reclaram que quadras, parquinhos e a piscina não estão recebendo a devida manutenção.

O vice-presidente de Esportes rebateu as reclamações. "Está tudo em ordem no clube", concluiu Neto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;