Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Nairo Ferreira de Souza é eleito para sexto mandato no São Caetano

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

No clube desde a fundação, ele exercerá função de presidente pelos próximos três anos


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

09/03/2021 | 14:34


O São Caetano terá uma figura bastante conhecida à frente do social do clube pelos próximos três anos. Isso porque 16 dos 20 conselheiros do Azulão votaram e definiram que Nairo Ferreira de Souza será o presidente, partindo para seu sexto mandato. Ele está à frente da agremiação desde 1996, com breve afastamento entre o fim de 2019 e meados de 2020. Com o dirigente no comando os são-caetanenses alcançaram seus principais momentos de glória, chegando às elites nacional e estadual, conquistando um título de Paulistão e vices do Brasileiro e da Libertadores.

O São Caetano estava sem presidente desde abril do ano passado, quando deveria ter sido realizado o pleito, mas a pandemia da Covid-19 adiou a eleição. Nairo concorreu como candidato único. "A pedido de alguns conselheiros me candidatei para dar continuidade ao trabalho que desenvolvemos nos últimos anos. Segurei representando o clube e nos próximos dias quero tratar de documentar a passagem da gestão de futebol para o Fabinho (Felix, atual coordenador geral azulino). Ele vem fazendo trabalho muito bom, mesmo com todas as dificuldades", afirmou o mandatário. "Estou muito feliz pela confiança do conselho. Quero fazer com que o São Caetano volte ao que sempre foi", emendou.

Outro intuito de Nairo é solucionar os problemas financeiros que o Azulão atravessa desde o ano passado, quando as dívidas cresceram e a pilha de processos trabalhistas só aumentou em razão de salários e outros direitos atrasados. "Quero ajudar a gestão do futebol a arrumar patrocinador forte para resolver as ações trabalhistas e os bloqueios de cotas, para que em sete ou oito meses possamos começar a respirar", declarou Nairo, que exaltou contar com o apoio da Prefeitura, sobretudo do prefeito Tite Campanella (Cidadania). "Se colocou à disposição para participar do projeto. Não pode investir dinheiro, mas pode auxiliar na procura por pessoas para nos ajudar", concluiu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;