Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Tiro que matou menina em churrascaria partiu de segurança


Do Diário OnLine

08/03/2002 | 11:00


O tiro que matou a menina Lívia Leonis Cintra Ribeiro, 8 anos, partiu do segurança da churrascaria na região da Praça da Árvore, na zona Sul de São Paulo, afirmou nesta sexta-feira o delegado do 16º Distrito Policial de Vila Clementina.

Lívia acompanhava seu pai Ronaldo Ribeiro no momento em que um grupo de seis criminosos invadiu o estabelecimento e realizou um assalto.

De acordo com o delegado, Leonardo Bahia Neto disparou contra os criminosos que reagiram com outros disparos. Sem ângulo, o segurança atingiu acidentalmente a menina.

Em um primeiro momento, Leonardo negou, mas, depois de uma acariação, ele afirmou que efetuou alguns disparos. Um cliente da churrascaria, presente no dia do acidente, reconheceu que os tiros partiram da arma do segurança.

O delegado afirmou que espera a apreensão da arma e a conclusão do exame de balística para pedir a prisão preventiva de Leonardo que está em sua casa.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;