Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Material de construção bate recorde


Verônica Lima
Do Diário do Grande ABC

15/07/2007 | 07:21


A maré alta do mercado imobiliário está contribuindo para o aquecimento das vendas de materiais de construção. Segundo balanço da Abramat (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção), o faturamento do setor disparou neste ano.

As empresas ligadas à construção civil registraram vendas 19,53% maiores em abril em comparação ao mesmo mês de 2006 – um recorde histórico – e, em maio, a alta atingiu 15,02%. Esse mês foi o 11º consecutivo em que houve expansão do faturamento.

Segundo o presidente da Abramat, Melvyn Fox, o bom desempenho do setor vem sendo impulsionado desde o ano passado, com a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e decolou com a disponibilidade de R$ 23 bilhões para financiamento imobiliário em 2007.

“Do total, cerca de R$ 5,5 bilhões já foram utilizados. Desse volume, 44% a construtoras e 56% a pessoas físicas – isso corresponde a 39 mil unidades habitacionais”, destaca.

Lojas - Sem revelar números de faturamento, mas esbanjando prosperidade, as redes dizem estar satisfeitas com os negócios que fecharam até agora.

Para o diretor da loja Leroy Merlin de São Caetano, Paulo César Ferreira, as facilidades de pagamento são outro fator que contribui para esse ótimo momento.

O diretor geral da Telhanorte, Fernando Castro, concorda com Ferreira. “Conquistaremos ainda mais clientes com o novo cartão Telhanorte Aura. Com ele, as pessoas poderão parcelar suas compras em até 10 vezes sem juros.”


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;