Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Dólar impulsiona bens populares


Natália Lima
Do Diário do Grande ABC

15/07/2007 | 07:17


Qual o efeito da queda do dólar junto ao comércio de bens de consumo populares? Um dos termômetros para medir isso pode ser visto no ritmo de vendas das lojas de R$ 1,99.

“Os itens importados estão cerca de 10% mais baratos”, destaca o empresário Douglas Moreti, proprietário do Lojão do Real, em Santo André. “Estamos conseguindo atrair mais clientes e nosso volume de vendas cresceu 8% nos últimos três meses”, afirma.

Os bons resultados têm servido de incentivo para que Douglas Moreti, que possui outra loja na Capital paulista, faça planos de expansão para novas unidades na região.

Segundo o empresário, com a redução dos preços dos produtos importados, a tendência dos nacionais é diminuir cada vez mais.

“Já percebi uma redução de 5% nos preços dos brinquedos nacionais. Esperamos uma queda maior. Com a concorrência mais acentuada com o setor externo teremos vantagens ainda maiores.”

Segundo ele a invasão chinesa também tem causado um efeito positivo no setor. “Os produtos da China são bem mais baratos e têm qualidade boa. Na maioria das vezes as pessoas procuram preços baixos, para depois observarem a qualidade”, diz.

Para o gerente da Loja do Real, também de Santo André, Fábio Henrique Oliveira, os produtos com mais saída são: brinquedos, doces e potes de plástico para acondicionar alimentos.

“Minha expectativa é de crescimento das vendas, principalmente no Dia dos Pais, Dias das Crianças e Natal.”

A dona de casa Lurdes Santos Jomaa é freguesa diária da Loja do Real. “Atualmente os preços estão ainda melhores e acabo comprando mais”, diz ela.

Carla Oliveira não costumava comprar em lojas populares, mas o preço das mercadorias atraiu sua atenção.

“Agora sou freguesa. O que mais me encanta são os preços aliados à variedade de produtos para a casa”, diz Carla.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;