Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Turistas baleados no Ceará permanecem internados


Do Diário OnLine

28/09/2007 | 22:20


As quatro pessoas vítimas de uma abordagem policial em Fortaleza (Ceará) continuam internados no hospital nesta sexta-feira. Os três estrangeiros e a cearense voltavam do aeroporto em uma caminhonete quando foram abordados pela polícia.

Eles estavam em um carro parecido com o usado por ladros que roubaram um caixa eletrônico de uma empresa de limpeza urbana. Os criminosos fugiram e deixaram o caixa cair na rua. Os policiais que estavam na região começaram a procurar pelos assaltantes e se depararam com o veiculo dos estrangeiros. A polícia afirma que deu ordens para que o motorista parasse o carro. Como ele não atendeu, os policiais dispararam mais de 20 tiros contra a caminhonete.

Feridos - O motorista, um italiano que mora no Ceará há seis anos, foi baleado no ombro e se recupera de uma cirurgia. A cearense Denise Campos, esposa do estrangeiro, levou um tiro de raspão no joelho e já teve alta do hospital. No banco de trás, estava casal de turistas espanhóis Marcelino Ruiz Campelo e sua noiva, que não foi ferida.

Campelo teve uma bala alojada na coluna e, segundo os médicos, vai ficar paraplégico. Ele permanece internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Desculpas – O governador do estado, Cid Gomes (PSB) pediu desculpas pelo incidente e  declarou por meio de sua assessoria que, “como cidadão”, ele considera que houve excesso de força, mas não deve fazer um julgamento antes que as investigações sobre o caso sejam concluídas. Segundo ele, a punição será “exemplar” caso seja comprovada a culpa dos envolvidos.

Nesta tarde, o governador do Ceará visitou as vítimas no Hospital Monte Klinikum.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;