Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia mata 12 membros de seita proibida no Quênia


Da AFP

07/06/2007 | 10:43


A polícia matou nesta quinta-feira 112 membros de uma seita proibida acusada de uma série de assassinatos no Quênia durante uma operação de detenção em um bairro de Nairóbi.

"Matamos pelo menos 12 membros da seita Mungiki que tentaram resistir à prisão. Durante a operação, vários deles abriram fogo e nós respondemos", declarou à imprensa Paul Ruto, comandante da polícia na área da operação.

Na terça-feira, a polícia matou outros 21 membros da mesma seita clandestina.

A seita Mungiki, proibida há cinco anos, é essencialmente composta por jovens desempregados da comunidade kikuyu, a principal etnia do Quênia.

Pelo menos seis pessoas foram decapitadas e dois policiais assassinados no país desde o fim de maio em ataques atribuídos à seita Mungiki.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;