Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Trabalho doméstico lidera geração de empregos


Guilherme Yoshida
Do Diário do Grande ABC

22/06/2007 | 07:14


O único mercado de trabalho em São Paulo que não permaneceu estagnado em maio foi o de serviços domésticos. As vagas para empregadas do lar cresceram 5,6% mais no mês passado em relação a abril. Nos últimos 12 meses os empregos no setor expandiram 13,4%.

É o que mostra a pesquisa mensal de emprego divulgada quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Segundo o levantamento, a taxa de desemprego na Grande São Paulo cresceu e registrou 11,2% em maio, ante 10,5% anotados no mesmo período de 2006. O mercado de trabalho local superou a média nacional de desocupação, que foi de 10,1%.

“Há quatro meses que mais de um milhão de pessoas estão desempregadas em São Paulo. Esse mercado de trabalho reflete uma falta de dinamismo da economia em gerar mais vagas”, afirma o gerente da pesquisa mensal de emprego do IBGE, Cimar Azeredo.

Já o número de ocupados em São Paulo somou 8,65 milhões em maio e apresentou um crescimento de 3,1% em relação ao igual mês do ano passado. “No entanto, esse aumento na empregabilidade não foi suficiente para reduzir a taxa de desocupação, já que o número de pessoas que entraram no mercado de trabalho também cresceu”, explica Azeredo. Ele conta ainda que a taxa de desemprego na região tende a cair no segundo semestre, como ocorre historicamente.

“O emprego tem que aumentar porque a economia melhorou e não por efeitos sazonais. As finanças do País vão bem, mas isso não se reflete no mercado de trabalho, que está parado há três meses, sem evolução”, completa.

Salários - O rendimento médio dos ocupados em São Paulo chegou a R$ 1.264,30 em maio, uma pequena variação positiva de 0,3% ante abril e de 1,5% ante o mesmo intervalo de 2006. “Há uma maior formalização do mercado e aumento do rendimento, isso está claro”, disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;