Fechar
Publicidade

Sábado, 12 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Após 25 anos servindo homem, Fiescot tenta agora seduzir mulher


Mariana Oliveira
Do Diário do Grande ABC

04/02/2005 | 15:06


Aos 25 anos, a grife Fiescot vai começar a produzir para mulheres. A empresa prepara o lançamento de linha feminina para o próximo inverno. Nascida no Grande ABC e especializada em roupa masculina, a marca pretende com a novidade adquirir nova clientela e aumentar em 20% o faturamento em 2005. “Pretendo obter o retorno do investimento em um ano. A idéia é firmar a linha feminina para que, em 2007, ela corresponda a 50% do faturamento da Fiescot”, diz Fábio Castravelli, proprietário da empresa.

A primeira loja da Fiescot foi inaugurada em 1980 na Galeria Studio Center – situada na rua Campos Sales, em Santo André. Castravelli conta que, a partir da primeira experiência, instalou lojas pequenas em outros locais da região e, em seguida, fechou as pequenas para inaugurar estabelecimentos maiores.

Atualmente, o empresário possui nove lojas próprias, das quais quatro na Baixada Santista e cinco no Grande ABC – três em Santo André, uma em São Caetano e uma em Mauá. Segundo Castravelli, as unidades da região representam 30% do faturamento total da grife. Além disso, a rede possui outras sete lojas franqueadas, seis delas no interior paulista e uma na capital.

Além de expandir o negócio com a implantação da linha feminina, a empresa pretende em breve abrir uma filial da grife em São Bernardo. “Já tive loja no Golden Shopping, mas precisei fechar. Estou aguardando um espaço no Shopping Metrópole e acredito que não vai demorar, já que o local deve ser ampliado”, afirma Castravelli.

O proprietário da Fiescot tem intenção de instalar filiais em outras regiões do Estado de São Paulo, mas não pensa em levar a rede para outros Estados nem em internacionalizar a marca. “A Fiescot é uma grife regional, e não quero mudar esse perfil”, explica.

Segundo Castravelli, os produtos da marca possuem estilo moderno. “As roupas da Fiescot são ideais para o homem que quer estar sempre bem vestido. E os modelos femininos chegam para vestir a mulher que acompanha a modernidade e quer estar elegante no dia-a-dia”, avalia. A linha feminina, que chega às lojas da Fiescot nos próximos meses com modelos para o inverno, será implantada em 12 das 16 unidades da rede. Todas as lojas do Grande ABC contarão com a novidade.

Além de roupas para mulheres, a Fiescot lançará também uma fragrância feminina. “O produto já está em desenvolvimento”, afirma Fábio. A grife trabalha há três anos com um perfume masculino, desenvolvido pelo Laboratório Avamiller – empresa que fabrica os cosméticos da linha Impala. De acordo com Castraveli, a idéia partiu de um cliente, diretor do laboratório.

Miriam Bernardi, gerente da Fiescot do Shopping ABC, em Santo André, explica que um dos motivos da ampliação da grife para o segmento feminino foi a quantidade de pedidos. “Era uma solicitação antiga das mulheres.”

Segundo o proprietário da Fiescot, as mulheres atualmente têm dificuldade de encontrar, a baixo preço, produtos com o mesmo perfil dos da Fiescot. “Existe uma carência de roupas femininas no estilo formal, porém moderno. Os casacos dessa linha, por exemplo, são caríssimos em outras lojas. As mulheres precisam de opção que ofereça preço justo por um produto de qualidade”, avalia.

De acordo com Castravelli, uma das particularidades da grife é não ostentar a marca visivelmente nas roupas. “A Fiescot é identificada pelo estilo e não pela etiqueta. As etiquetas são pequenas e muitas vezes, somente no interior das roupas”, diz.

Entre funcionários diretos e indiretos, a Fiescot tem 200 colaboradores. Em Santo André, a empresa possui um escritório administrativo e um depósito de roupas. Os produtos são confeccionados no Rio Grande do Sul e no Espírito Santo, e chegam ao depósito para serem distribuídos às lojas da rede. O local abriga também uma alfaiataria, que segundo Castravelli, modela as roupas adquiridas pelos clientes nas lojas do ABC.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;