Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Reajuste da gasolina não afetará economia, diz Palocci


Do Diário OnLine

15/06/2004 | 14:01


O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, afirmou que o reajuste do preço dos combustíveis não vai trazer grande impacto na economia brasileira. “Está tudo dentro do previsto, nenhuma turbulência no ar", disse o ministro na segunda-feira, após o anúncio feito pela Petrobras.

O ministro afastou a possibilidade de descontrole inflacionário no país devido ao reajuste. "Não está no ar nenhum risco de a inflação fugir do controle. A inflação está nos limites da meta, está se comportando razoavelmente bem e não há por que pensar em mudanças", disse. Quanto ao comportamento do mercado financeiro, o ministro disse que "não há nada anormal no mercado, a inflação veio dentro da expectativa".

Na segunda-feira, a Petrobras anunciou um aumento de 10,8% no preço da gasolina a partir desta terça-feira. Para o consumidor, o reajuste deve ficar em torno de 4,5%. A estatal também confirmou um aumento de 10,6% no preço do óleo diesel nas refinarias. Para os consumidores, o impacto deve ser de 6,4%.

Palocci explicou ainda que a diretoria da Petrobras é livre para decidir sobre os índices de reajuste. “Nos aumentos, ela (Petrobras) normalmente toma decisões um pouco defasada dos movimentos de subida ou descida de preços internacionais, como tomou no ano passado, para baixo, e agora, mais ou menos na mesma proporção, para cima", revelou.

As declarações foram feitas durante o lançamento dos Certificados de Potencial Adicional de Construção, instrumento criado pelo Estatuto da Cidade para possibilitar o financiamento de grandes obras previstas em operações urbanas, sem que o município precise utilizar recursos vinculados ao orçamento municipal. São Paulo é o primeiro município no país a lançar esse título.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;