Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Novata e favorita aguardam partida com otimismo


Caroline Ropero
Do Diário do Grande ABC

27/04/2014 | 07:00


Logo em sua estreia na Copa do Mundo, a Bósnia e Herzegovina vai enfrentar a Argentina, uma das favoritas a ganhar a competição e que carrega 15 participações e dois títulos (1978 e 1986). Integrantes do Grupo F (no qual também estão Irã e Nigéria), enfrentam-se em 15 de junho, às 19h, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Depois da Copa América, em 2011, Alejandro Sabella assumiu o cargo de técnico do time argentino. É grande a responsabilidade de comandar a seleção que, além das duas taças, foi vice-campeã duas vezes (1930 e 1990) e chegou quatro vezes às quartas de final (1966, 1998, 2006 e 2010).

Uma das principais estrelas do time é o atacante Lionel Messi (Barcelona, Espanha), quatro vezes vencedor da Bola de Ouro Fifa – premiação para o jogador com melhor desempenho. Outros destaques são os atacantes Sergio Agüero (Manchester City, Inglaterra) e Gonzalo Higuaín (Napoli, Itália). O time ficará hospedado em Belo Horizonte, em Minas Gerais.

A Bósnia e Herzegovina aposta no desempenho dos craques para avançar na disputa. Entre eles estão os atacantes Edin Dzeko (Manchester City, Inglaterra) e Vedad Ibisevic (Stuttgart, Alemanha), e o meia-atacante Zvjezdan Misimovic (Guizhou Renhe, China). Com seu elenco, a seleção se destacou nas eliminatórias para a Copa ao fazer 34 gols e só tomar seis. Quem sabe se transforma no azarão deste Mundial.

O time ficará concentrado no Guarujá, no litoral de São Paulo, sob o comando do técnico Safet Susic, que está confiante e afirmou ver a seleção melhor a cada jogo.

Argentina

Nome oficial: República Argentina.

Capital: Buenos Aires.

Localização: América do Sul; banhada pelo Oceano Atlântico, faz fronteira com Chile, Bolívia, Paraguai, Brasil e Uruguai.

Área: 3.761.274 km².

População: 43 milhões. 

Relevo, clima e vegetação: O terreno é árido, com vales, montanhas e planícies com florestas e selvas. Tem clima predominantemente temperado, sendo seco no Sudeste e frio no Sudoeste. Nos locais mais secos há áreas de savana (região com grama, árvores e arbustos reunidos em pequenos grupos). No Centro a umidade favorece as pradarias (com capim baixo). No Norte há diversas plantas e árvores.

Idioma oficial: Espanhol ou castelhano.

Moeda: Peso Argentino.

Esporte popular: Futebol.

Governo: República presidencialista, cuja presidente é Cristina Fernandéz de Kirchner.

Economia: Destaque para o setor de serviços e turismo. As principais indústrias são de processamento de alimentos, automobilística, têxtil, petroquímica e metalúrgica. Entre os produtos agropecuários estão grãos, frutas, tabaco, trigo e gado. 

Curiosidades: Ocupado por povos indígenas, o território foi tomado pelos europeus a partir de 1516. Em 1816, declarou independência da Espanha. Recebeu muitos imigrantes da Europa, especialmente da Itália e Espanha. Hoje, é o segundo maior país da América do Sul em território e o terceiro em população. A cultura tem influência europeia, principalmente na arquitetura. É a terra do tango.

Bósnia e Herzegovina

Nome oficial: República Popular da Bósnia e Herzegovina.

Capital: Sarajevo.

Localização: Europa. Tem minúsculo litoral banhado pelo Mar Adriático. Faz fronteira com Croácia, Montenegro e Sérvia.

Área: 51.197 km².

População: 3,8 milhões.

Relevo, clima e vegetação: O território é formado por montanhas e vales. O verão é bem quente e o inverno, bastante frio e chuvoso. As áreas altas têm verões curtos e frescos e invernos rigorosos. Grande parte do território é coberto por bosques e florestas. 

Idioma oficial: Bósnio, croata e sérvio.

Moeda: Marco conversível.

Esporte popular: Futebol.

Governo: República presidencialista com três presidentes: Bakir Izetbegovic, Nebojša Radmanovic e Željko Komšic. O alto representante é Valentin Inzko.

Economia: Destaque para o setor de serviços. As áreas de mineração, montagem de veículos, têxtil e petrolífera se sobressaem no setor industrial. Na agropecuária, os principais produtos são grãos, gado e vegetais.

Curiosidades: A região foi tomada por diferentes povos, como húngaros, croatas, sérvios, bizantinos e venezianos a partir do século 7. Mais tarde, integrou o Império Otomano. Ao longo dos anos, foi cenário de guerras e disputas que provocaram milhares de mortes. Em 1º de setembro de 1992, proclamou a independência. Em 1995, foi assinado o Acordo de Dayton, que garantia a paz no território. O país tem vários pontos turísticos e históricos, como a Cidade Velha Bascarsija, lugar de negociações e reuniões desde o século 15.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Novata e favorita aguardam partida com otimismo

Caroline Ropero
Do Diário do Grande ABC

27/04/2014 | 07:00


Logo em sua estreia na Copa do Mundo, a Bósnia e Herzegovina vai enfrentar a Argentina, uma das favoritas a ganhar a competição e que carrega 15 participações e dois títulos (1978 e 1986). Integrantes do Grupo F (no qual também estão Irã e Nigéria), enfrentam-se em 15 de junho, às 19h, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Depois da Copa América, em 2011, Alejandro Sabella assumiu o cargo de técnico do time argentino. É grande a responsabilidade de comandar a seleção que, além das duas taças, foi vice-campeã duas vezes (1930 e 1990) e chegou quatro vezes às quartas de final (1966, 1998, 2006 e 2010).

Uma das principais estrelas do time é o atacante Lionel Messi (Barcelona, Espanha), quatro vezes vencedor da Bola de Ouro Fifa – premiação para o jogador com melhor desempenho. Outros destaques são os atacantes Sergio Agüero (Manchester City, Inglaterra) e Gonzalo Higuaín (Napoli, Itália). O time ficará hospedado em Belo Horizonte, em Minas Gerais.

A Bósnia e Herzegovina aposta no desempenho dos craques para avançar na disputa. Entre eles estão os atacantes Edin Dzeko (Manchester City, Inglaterra) e Vedad Ibisevic (Stuttgart, Alemanha), e o meia-atacante Zvjezdan Misimovic (Guizhou Renhe, China). Com seu elenco, a seleção se destacou nas eliminatórias para a Copa ao fazer 34 gols e só tomar seis. Quem sabe se transforma no azarão deste Mundial.

O time ficará concentrado no Guarujá, no litoral de São Paulo, sob o comando do técnico Safet Susic, que está confiante e afirmou ver a seleção melhor a cada jogo.

Argentina

Nome oficial: República Argentina.

Capital: Buenos Aires.

Localização: América do Sul; banhada pelo Oceano Atlântico, faz fronteira com Chile, Bolívia, Paraguai, Brasil e Uruguai.

Área: 3.761.274 km².

População: 43 milhões. 

Relevo, clima e vegetação: O terreno é árido, com vales, montanhas e planícies com florestas e selvas. Tem clima predominantemente temperado, sendo seco no Sudeste e frio no Sudoeste. Nos locais mais secos há áreas de savana (região com grama, árvores e arbustos reunidos em pequenos grupos). No Centro a umidade favorece as pradarias (com capim baixo). No Norte há diversas plantas e árvores.

Idioma oficial: Espanhol ou castelhano.

Moeda: Peso Argentino.

Esporte popular: Futebol.

Governo: República presidencialista, cuja presidente é Cristina Fernandéz de Kirchner.

Economia: Destaque para o setor de serviços e turismo. As principais indústrias são de processamento de alimentos, automobilística, têxtil, petroquímica e metalúrgica. Entre os produtos agropecuários estão grãos, frutas, tabaco, trigo e gado. 

Curiosidades: Ocupado por povos indígenas, o território foi tomado pelos europeus a partir de 1516. Em 1816, declarou independência da Espanha. Recebeu muitos imigrantes da Europa, especialmente da Itália e Espanha. Hoje, é o segundo maior país da América do Sul em território e o terceiro em população. A cultura tem influência europeia, principalmente na arquitetura. É a terra do tango.

Bósnia e Herzegovina

Nome oficial: República Popular da Bósnia e Herzegovina.

Capital: Sarajevo.

Localização: Europa. Tem minúsculo litoral banhado pelo Mar Adriático. Faz fronteira com Croácia, Montenegro e Sérvia.

Área: 51.197 km².

População: 3,8 milhões.

Relevo, clima e vegetação: O território é formado por montanhas e vales. O verão é bem quente e o inverno, bastante frio e chuvoso. As áreas altas têm verões curtos e frescos e invernos rigorosos. Grande parte do território é coberto por bosques e florestas. 

Idioma oficial: Bósnio, croata e sérvio.

Moeda: Marco conversível.

Esporte popular: Futebol.

Governo: República presidencialista com três presidentes: Bakir Izetbegovic, Nebojša Radmanovic e Željko Komšic. O alto representante é Valentin Inzko.

Economia: Destaque para o setor de serviços. As áreas de mineração, montagem de veículos, têxtil e petrolífera se sobressaem no setor industrial. Na agropecuária, os principais produtos são grãos, gado e vegetais.

Curiosidades: A região foi tomada por diferentes povos, como húngaros, croatas, sérvios, bizantinos e venezianos a partir do século 7. Mais tarde, integrou o Império Otomano. Ao longo dos anos, foi cenário de guerras e disputas que provocaram milhares de mortes. Em 1º de setembro de 1992, proclamou a independência. Em 1995, foi assinado o Acordo de Dayton, que garantia a paz no território. O país tem vários pontos turísticos e históricos, como a Cidade Velha Bascarsija, lugar de negociações e reuniões desde o século 15.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;