Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Exército da Síria mata 175 rebeldes em emboscada



27/02/2014 | 00:23


As tropas do Exército da Síria mataram 175 rebeldes na quarta-feira, informou a mídia estatal, em uma emboscada descrita como uma das mais mortais contra os rebeldes. A maioria das vítimas estaria relacionada a membros da Al-Qaeda, afirmaram os jornais.

A agência de notícias síria SANA postou várias votos em seu site, mostrando dezenas de corpos em um campo aberto. A maioria vestia trajes civis e aparentava carregar sacos de roupas e garrafas de água, o que sugere que estavam trocando de localização quando foram emboscados.

O grupo britânico Observatório Sírio de Direitos Humanos informou que ao menos 152 rebeldes foram mortos, sendo que a maioria era ligada ao grupo Nusra Front, que possui conexões com a Al-Qaeda. "Essa é a maior perda para o Nusra Front e para as brigadas islâmicas desde o início da revolução", disse Rami Abdurrahman, diretor do grupo de direitos humanos.

O Observatório disse que soldados do Hezbollah apoiaram as tropas sírias na emboscada. A acusação é sustentada pelas imagens da rede de televisão do Hezbollah Al-Manar TV, que mostrou vídeos exclusivos do que disse ter sido a emboscada, com passagens de duas grandes bombas que foram detonadas no local.

O conflito na Síria começou com protestos pacíficos contra o governo de Bashar Assad, em março de 2011, mas as manifestações se desenvolveram para uma guerra civil que ganhou uma conotação sectária, na qual rebeldes muçulmanos sunitas combatem contra o governo de Assad, de maioria Alauita. Fonte: Associated Press.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;