Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Quinteto em Branco e Preto traz CD de inéditas


Daniela Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

22/05/2012 | 06:00


Para comemorar 15 anos de carreira, o Quinteto em Branco e Preto traz ao público o novo CD 'Quinteto' (Radar Records, R$ 19,90 em média), quarto de sua discografia. Com repertório variado, o trabalho mostra a modernidade do grupo ao representar a tradição da raiz do samba e unir elementos de outras vertentes da música brasileira.

Os convidados foram escolhidos a dedo e são para o grupo símbolos de resistência nas áreas que atuam, seja no rap de Edi Rock (Racionais Mc's), nos metais da Banda Mantiqueira, na tradição da Velha-Guarda ou no batuque experiente do ogã Sapopemba.

Resistência, aliás, era para ser o título da obra, mas os trabalhos com outros artistas deram outra visão ao grupo. "Vimos que é a diversidade que enriquece a música brasileira e há mais beleza quando conseguimos enxergar essa abrangência", explica o vocalista Magnu Sousá.

Mais autoral que os álbuns anteriores, com os integrantes assinando a maioria das faixas, o novo trabalho de Everson Pessoa (voz e violão), Maurílio de Oliveira (cavaquinho e voz), Magnu Sousa (pandeiro e voz), Ivison Bezerra (repique de mão e voz) e Vitor Pessoa (surdo e voz) não tem vergonha de misturar ritmos e estilos e aceita o desafio de mostrar a diversidade tão característica do Brasil.

Em julho, o Quinteto participará, pela primeira vez, do Montreux Jazz Festival, na Suíça, que está na 46ª edição.

NA REGIÃO

Depois de lançar o disco na Capital, o grupo vem ao Sesi Santo André (Praça Doutor Armando de Arruda Pereira, 100), no sábado, às 20h. No repertório, músicas de 'Quinteto' e dos discos anteriores, além de homenagens ao saudoso sambista Adoniran Barbosa. A entrada é franca e os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início apresentação.

O show faz parte do projeto itinerante Sesi Música 2012 - Popular, que ocorre em 20 teatros da entidade no estado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Quinteto em Branco e Preto traz CD de inéditas

Daniela Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

22/05/2012 | 06:00


Para comemorar 15 anos de carreira, o Quinteto em Branco e Preto traz ao público o novo CD 'Quinteto' (Radar Records, R$ 19,90 em média), quarto de sua discografia. Com repertório variado, o trabalho mostra a modernidade do grupo ao representar a tradição da raiz do samba e unir elementos de outras vertentes da música brasileira.

Os convidados foram escolhidos a dedo e são para o grupo símbolos de resistência nas áreas que atuam, seja no rap de Edi Rock (Racionais Mc's), nos metais da Banda Mantiqueira, na tradição da Velha-Guarda ou no batuque experiente do ogã Sapopemba.

Resistência, aliás, era para ser o título da obra, mas os trabalhos com outros artistas deram outra visão ao grupo. "Vimos que é a diversidade que enriquece a música brasileira e há mais beleza quando conseguimos enxergar essa abrangência", explica o vocalista Magnu Sousá.

Mais autoral que os álbuns anteriores, com os integrantes assinando a maioria das faixas, o novo trabalho de Everson Pessoa (voz e violão), Maurílio de Oliveira (cavaquinho e voz), Magnu Sousa (pandeiro e voz), Ivison Bezerra (repique de mão e voz) e Vitor Pessoa (surdo e voz) não tem vergonha de misturar ritmos e estilos e aceita o desafio de mostrar a diversidade tão característica do Brasil.

Em julho, o Quinteto participará, pela primeira vez, do Montreux Jazz Festival, na Suíça, que está na 46ª edição.

NA REGIÃO

Depois de lançar o disco na Capital, o grupo vem ao Sesi Santo André (Praça Doutor Armando de Arruda Pereira, 100), no sábado, às 20h. No repertório, músicas de 'Quinteto' e dos discos anteriores, além de homenagens ao saudoso sambista Adoniran Barbosa. A entrada é franca e os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início apresentação.

O show faz parte do projeto itinerante Sesi Música 2012 - Popular, que ocorre em 20 teatros da entidade no estado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;