Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

A cada três minutos um profissional de Saúde é vacinado no Estado, diz Doria

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Até o momento 15 mil pessoas receberam a Coronavac em São Paulo; Plano São Paulo terá nova reclassificação sexta-feira (22)


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

20/01/2021 | 12:47


 A cada 3 minutos um profissional de Saúde é vacinado em São Paulo, segundo o governador do Estado João Doria (PSDB). A informação acaba de ser dada em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Até o momento, 15 mil pessoas deste setor receberam o imunizante, que começou a ser aplicado no domingo, após liberação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O Butantan aguarda a liberação de uso emergencial de mais 4,8 milhões de doses e a estimativa é que a resposta saia até o fim desta semana. "Tenho acompanhado o recebimento dessas vacinas no Estado, e vejo a alegria de quem recebe o imunizante. É a esperança de acabarmos com essa pandemia", diz o governador.

Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde do Estado, falou sobre a importância dessa agilidade na vacinação. "Nós precisamos muito destes profissionais. Também ressalto a importância dessas vacinas, não só essa, mas de outras". A imunização de quilombolas foi incluída neste primeiro momento, e terá início na sexta-feira. O Estado lançou o Vacinômetro (www.saopaulo.sp.gov.br/), que irá registrar o número de pessoas que receberam a Coronavac em tempo real. 

Segundo ele, na Grande São Paulo, que inclui a região,  a taxa de ocupação de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 70,5%. São Paulo tem 1.658.636 casos de contaminação pelo coronavírus e 50.662 mortes.

Doria também anunciou o envio de 250 bolsas de plasma de sangue para Manaus, para atender pacientes graves e falou que o escritório do governo, que está na China desde 2019, está cuidando das tratativas para agilizar o processo de envio dos insumos para a fabricação das vacinas pelo Instituto Butantan. E, nesta sexta-feira, o Plano São Paulo de abertura terá nova reclassificação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A cada três minutos um profissional de Saúde é vacinado no Estado, diz Doria

Até o momento 15 mil pessoas receberam a Coronavac em São Paulo; Plano São Paulo terá nova reclassificação sexta-feira (22)

Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

20/01/2021 | 12:47


 A cada 3 minutos um profissional de Saúde é vacinado em São Paulo, segundo o governador do Estado João Doria (PSDB). A informação acaba de ser dada em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Até o momento, 15 mil pessoas deste setor receberam o imunizante, que começou a ser aplicado no domingo, após liberação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O Butantan aguarda a liberação de uso emergencial de mais 4,8 milhões de doses e a estimativa é que a resposta saia até o fim desta semana. "Tenho acompanhado o recebimento dessas vacinas no Estado, e vejo a alegria de quem recebe o imunizante. É a esperança de acabarmos com essa pandemia", diz o governador.

Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde do Estado, falou sobre a importância dessa agilidade na vacinação. "Nós precisamos muito destes profissionais. Também ressalto a importância dessas vacinas, não só essa, mas de outras". A imunização de quilombolas foi incluída neste primeiro momento, e terá início na sexta-feira. O Estado lançou o Vacinômetro (www.saopaulo.sp.gov.br/), que irá registrar o número de pessoas que receberam a Coronavac em tempo real. 

Segundo ele, na Grande São Paulo, que inclui a região,  a taxa de ocupação de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 70,5%. São Paulo tem 1.658.636 casos de contaminação pelo coronavírus e 50.662 mortes.

Doria também anunciou o envio de 250 bolsas de plasma de sangue para Manaus, para atender pacientes graves e falou que o escritório do governo, que está na China desde 2019, está cuidando das tratativas para agilizar o processo de envio dos insumos para a fabricação das vacinas pelo Instituto Butantan. E, nesta sexta-feira, o Plano São Paulo de abertura terá nova reclassificação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;