Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Jovens estudantes são deputados por um dia


Bignardi Junior
Do Diário do Grande ABC

26/11/2006 | 22:29


Maturidade, cidadania e responsabilidade foram os elogios mais ouvidos pelos 94 adolescentes que foram diplomados e empossados deputados estaduais jovens, na Assembléia Legislativa. Eles fizeram parte do projeto ‘Parlamento Jovem, Deputado por um dia’, voltado para as escolas estaduais, municipais e particulares do Estado.

Dos 94 deputados-mirins, quatro representaram o Grande ABC: Eric Bisognini Camargo e Matheus Coelho Cassimiro, ambos de São Bernardo, Eduardo Correia da Silva, de Santo André, e Priscila Amado Kozara, de São Caetano.

Eric, o mais jovem da turma, com 13 anos, mora no Jardim do Mar e cursa a 6ª série no Colégio Harmonia. Ele elaborou um projeto destinado à redução do IPVA para veículos que não cometeram infração no período de um ano. “De início, não queria muito vir. Mas agora percebo que foi a melhor coisa que fiz”, disse.

Matheus Coelho Cassimiro, 14 anos, é morador do Nova Petrópolis, em São Bernardo, e está na 8ª série do Colégio São José. O projeto apresentado na Assembléia por Matheus se referia ao conhecimento e à valorização dos patrimônios históricos paulistas, através de passeios culturais realizados pelas escolas em parceria com empresas. “Em São Bernardo, por exemplo, temos o Riacho Grande e o Instituto Vera Cruz, berço do cinema nacional”, exemplificou o deputado-mirim.

O andreense Eduardo Correia da Silva, 14 anos, mora no Jardim do Estádio e estuda na 8ª série da Escola Estadual 8 de Abril. A proposta dele se referia a incentivos para a prática esportiva de idosos, que passariam a pagar apenas 50% nas mensalidades em academias. “A maioria dos idosos não tem condições financeiras de freqüentar uma academia e, por recomendação médica, necessitariam de atividades físicas. Por isso, meu projeto”, justificou Eduardo.

Por fim, Priscila Amado Kozara, 14 anos, reside no bairro Nova Gerti, em São Caetano, e faz a 8ª série na Escola Municipal Ângelo Raphael Pellegrino. Ela preparou um projeto de lei determinando que todo cidadão tenha direito a planos de saúde, com taxas reduzidas e/ou subsidiadas pelos órgãos públicos, caso não disponha de condições financeiras para adquirir um convênio particular . “É complicado saber que existem pessoas que ainda morrem em filas de espera nos hospitais.”

Mesa Diretora – O presidente da Mesa Diretora, escolhido por votação entre os estudantes, seguindo os mesmos trâmites regimentares da Assembléia, foi Matheus Costa, de Tabatinga, que recebeu 84 votos.

“É uma honra muito grande participar de um programa como este e gostaria de contar com o apoio dos nobres pares para me tornar presidente desta Casa de Leis”, discursou Matheus, antes da votação.

Os 94 projetos de lei dos deputados-mirins foram apresentados em plenário, diante dos verdadeiros parlamentares. Todas as propostas protocoladas pelos estudantes participantes são analisadas pelas comissões e bancadas da Assembléia Legislativa. Algumas das idéias acabam virando lei.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jovens estudantes são deputados por um dia

Bignardi Junior
Do Diário do Grande ABC

26/11/2006 | 22:29


Maturidade, cidadania e responsabilidade foram os elogios mais ouvidos pelos 94 adolescentes que foram diplomados e empossados deputados estaduais jovens, na Assembléia Legislativa. Eles fizeram parte do projeto ‘Parlamento Jovem, Deputado por um dia’, voltado para as escolas estaduais, municipais e particulares do Estado.

Dos 94 deputados-mirins, quatro representaram o Grande ABC: Eric Bisognini Camargo e Matheus Coelho Cassimiro, ambos de São Bernardo, Eduardo Correia da Silva, de Santo André, e Priscila Amado Kozara, de São Caetano.

Eric, o mais jovem da turma, com 13 anos, mora no Jardim do Mar e cursa a 6ª série no Colégio Harmonia. Ele elaborou um projeto destinado à redução do IPVA para veículos que não cometeram infração no período de um ano. “De início, não queria muito vir. Mas agora percebo que foi a melhor coisa que fiz”, disse.

Matheus Coelho Cassimiro, 14 anos, é morador do Nova Petrópolis, em São Bernardo, e está na 8ª série do Colégio São José. O projeto apresentado na Assembléia por Matheus se referia ao conhecimento e à valorização dos patrimônios históricos paulistas, através de passeios culturais realizados pelas escolas em parceria com empresas. “Em São Bernardo, por exemplo, temos o Riacho Grande e o Instituto Vera Cruz, berço do cinema nacional”, exemplificou o deputado-mirim.

O andreense Eduardo Correia da Silva, 14 anos, mora no Jardim do Estádio e estuda na 8ª série da Escola Estadual 8 de Abril. A proposta dele se referia a incentivos para a prática esportiva de idosos, que passariam a pagar apenas 50% nas mensalidades em academias. “A maioria dos idosos não tem condições financeiras de freqüentar uma academia e, por recomendação médica, necessitariam de atividades físicas. Por isso, meu projeto”, justificou Eduardo.

Por fim, Priscila Amado Kozara, 14 anos, reside no bairro Nova Gerti, em São Caetano, e faz a 8ª série na Escola Municipal Ângelo Raphael Pellegrino. Ela preparou um projeto de lei determinando que todo cidadão tenha direito a planos de saúde, com taxas reduzidas e/ou subsidiadas pelos órgãos públicos, caso não disponha de condições financeiras para adquirir um convênio particular . “É complicado saber que existem pessoas que ainda morrem em filas de espera nos hospitais.”

Mesa Diretora – O presidente da Mesa Diretora, escolhido por votação entre os estudantes, seguindo os mesmos trâmites regimentares da Assembléia, foi Matheus Costa, de Tabatinga, que recebeu 84 votos.

“É uma honra muito grande participar de um programa como este e gostaria de contar com o apoio dos nobres pares para me tornar presidente desta Casa de Leis”, discursou Matheus, antes da votação.

Os 94 projetos de lei dos deputados-mirins foram apresentados em plenário, diante dos verdadeiros parlamentares. Todas as propostas protocoladas pelos estudantes participantes são analisadas pelas comissões e bancadas da Assembléia Legislativa. Algumas das idéias acabam virando lei.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;