Fechar
Publicidade

Domingo, 7 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

‘Drive-thru’ é a aposta de shoppings do Grande ABC para atrair consumidores

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sistema foi adotado para o período do Dia das Mães, mas deverá ser mantido na quarentena


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

07/05/2020 | 23:58


Com o fechamento dos centros de compras por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, os consumidores da região recorrem ao sistema de drive-thru, oferecido pela maioria dos shoppings do Grande ABC. A iniciativa, que consiste na retirada da compra, que já foi escolhida previamente, sem que o cliente desça do carro, é um respiro para os lojistas na tentativa de impulsionar as vendas para o Dia das Mães. Em alguns estabelecimentos, o sistema deve ser mantido até o fim do isolamento físico determinado pelo governo estadual e prefeituras.

O Grand Plaza Shopping, em Santo André, tem 50 lojas que participam da iniciativa, entre as quais a Multicoisas, que comercializa utensílios para casa. De acordo com a gerente Patrícia Lorenzo, com o fechamento temporário do shopping, a loja atualmente fatura 30% do que seria arrecadado normalmente, apenas com vendas on-line. Mas, segundo ela, a opção de retirada fez toda a diferença.

“Já trabalhávamos com a opção de entrega, mas gera custo para o cliente, que muitas vezes prefere não optar pela modalidade”, disse. “A loja ficou alguns dias fechada, sem atividade nenhuma, e foi uma preparação para este momento. O faturamento não é igual, mas está crescendo aos poucos. O drive-thru ajudou muito e hoje já corresponde a 10% do que faturamos.”

Em São Bernardo, no Shopping Metrópole, a iniciativa começou no dia 2 de maio. A entrega é feita com horário agendado, preservando distâncias mínimas e com cuidados de higienização. Apesar de o foco inicial ser o Dia das Mães, a ação irá se estender para ajudar os lojistas a venderem produtos diversos e atender às outras demandas dos consumidores.

De acordo com o sócio das lojas Arezzo, de calçados, e Morana, de acessórios, Alberto Sanches Galiassi Junior, a expectativa é a de que o drive-thru agregue no processo de vendas on-line. “Estávamos com dificuldades para a entrega dos produtos, pois dependíamos exclusivamente dos profissionais de delivery. Ganhamos novo fluxo de entrega, que veio atender à demanda de nossos clientes, que às vezes preferem agendar a retirada de acordo com suas necessidades.”

A comerciante Elenice Baciega Vasconcelos, 48 anos, moradora do bairro Jordanópolis, em São Bernardo, foi retirar o presente de Dia das Mães, que ganhou do marido e dos filhos, na quarta-feira. “Tinha o contato da loja e me passaram uma promoção de bolsas muito boa. Me contataram pelo WhatsApp e mandaram os modelos. Escolhi, meu marido e filhos me deram e fui buscar.”

MAIS RÁPIDO - Outra que aproveitou a medida, só que no Shopping ABC, em Santo André, foi a nutricionista Aline Soares, 33. A moradora do Parque São Vicente, em Mauá, não parou de trabalhar e aproveitou o caminho para retirar dois pares de sapato. “Já tinha experimentado o modelo anteriormente e contatei a loja. Gostei muito do atendimento, achei mais rápido do que comprar pela internet, porque agora tem muita gente recorrendo e pode demorar para chegar. Se continuar esse sistema (drive-thru) até o fim da pandemia, prefiro essa opção.” 

No centro de compras são mais de 50 lojas participantes. Os pedidos são entregues com agendamento.

Também localizado em São Bernardo, o Golden Square pretende estender o sistema drive-thru enquanto durar a quarentena. “Acreditamos que o período de isolamento físico irá acelerar as mudanças de comportamento dos consumidores, digitalizando as relações e diversificando os canais de vendas ofertados pelos lojistas.  O futuro chegou e precisamos nos reinventar para atender às necessidades desse novo cliente, cada vez mais digital”, informou Diego Marcondes, do marketing da Ancar Ivanhoe, responsável pelo shopping.

No estabelecimento, as entregas são das 12h às 20h, somente com dia e hora marcados. Todo o espaço está sinalizado para evitar filas e agilizar as entregas, reduzindo o período de contato da entrega. “Cadeiras e bancadas também não foram disponibilizadas para desencorajar a permanência de pessoas no local durante longo período e, assim, garantir a saúde e a segurança do ambiente”, disse Marcondes.

No ParkShopping São Caetano, a ação também vai até o fim do isolamento físico. No momento, são 40 marcas participantes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

‘Drive-thru’ é a aposta de shoppings do Grande ABC para atrair consumidores

Sistema foi adotado para o período do Dia das Mães, mas deverá ser mantido na quarentena

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

07/05/2020 | 23:58


Com o fechamento dos centros de compras por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, os consumidores da região recorrem ao sistema de drive-thru, oferecido pela maioria dos shoppings do Grande ABC. A iniciativa, que consiste na retirada da compra, que já foi escolhida previamente, sem que o cliente desça do carro, é um respiro para os lojistas na tentativa de impulsionar as vendas para o Dia das Mães. Em alguns estabelecimentos, o sistema deve ser mantido até o fim do isolamento físico determinado pelo governo estadual e prefeituras.

O Grand Plaza Shopping, em Santo André, tem 50 lojas que participam da iniciativa, entre as quais a Multicoisas, que comercializa utensílios para casa. De acordo com a gerente Patrícia Lorenzo, com o fechamento temporário do shopping, a loja atualmente fatura 30% do que seria arrecadado normalmente, apenas com vendas on-line. Mas, segundo ela, a opção de retirada fez toda a diferença.

“Já trabalhávamos com a opção de entrega, mas gera custo para o cliente, que muitas vezes prefere não optar pela modalidade”, disse. “A loja ficou alguns dias fechada, sem atividade nenhuma, e foi uma preparação para este momento. O faturamento não é igual, mas está crescendo aos poucos. O drive-thru ajudou muito e hoje já corresponde a 10% do que faturamos.”

Em São Bernardo, no Shopping Metrópole, a iniciativa começou no dia 2 de maio. A entrega é feita com horário agendado, preservando distâncias mínimas e com cuidados de higienização. Apesar de o foco inicial ser o Dia das Mães, a ação irá se estender para ajudar os lojistas a venderem produtos diversos e atender às outras demandas dos consumidores.

De acordo com o sócio das lojas Arezzo, de calçados, e Morana, de acessórios, Alberto Sanches Galiassi Junior, a expectativa é a de que o drive-thru agregue no processo de vendas on-line. “Estávamos com dificuldades para a entrega dos produtos, pois dependíamos exclusivamente dos profissionais de delivery. Ganhamos novo fluxo de entrega, que veio atender à demanda de nossos clientes, que às vezes preferem agendar a retirada de acordo com suas necessidades.”

A comerciante Elenice Baciega Vasconcelos, 48 anos, moradora do bairro Jordanópolis, em São Bernardo, foi retirar o presente de Dia das Mães, que ganhou do marido e dos filhos, na quarta-feira. “Tinha o contato da loja e me passaram uma promoção de bolsas muito boa. Me contataram pelo WhatsApp e mandaram os modelos. Escolhi, meu marido e filhos me deram e fui buscar.”

MAIS RÁPIDO - Outra que aproveitou a medida, só que no Shopping ABC, em Santo André, foi a nutricionista Aline Soares, 33. A moradora do Parque São Vicente, em Mauá, não parou de trabalhar e aproveitou o caminho para retirar dois pares de sapato. “Já tinha experimentado o modelo anteriormente e contatei a loja. Gostei muito do atendimento, achei mais rápido do que comprar pela internet, porque agora tem muita gente recorrendo e pode demorar para chegar. Se continuar esse sistema (drive-thru) até o fim da pandemia, prefiro essa opção.” 

No centro de compras são mais de 50 lojas participantes. Os pedidos são entregues com agendamento.

Também localizado em São Bernardo, o Golden Square pretende estender o sistema drive-thru enquanto durar a quarentena. “Acreditamos que o período de isolamento físico irá acelerar as mudanças de comportamento dos consumidores, digitalizando as relações e diversificando os canais de vendas ofertados pelos lojistas.  O futuro chegou e precisamos nos reinventar para atender às necessidades desse novo cliente, cada vez mais digital”, informou Diego Marcondes, do marketing da Ancar Ivanhoe, responsável pelo shopping.

No estabelecimento, as entregas são das 12h às 20h, somente com dia e hora marcados. Todo o espaço está sinalizado para evitar filas e agilizar as entregas, reduzindo o período de contato da entrega. “Cadeiras e bancadas também não foram disponibilizadas para desencorajar a permanência de pessoas no local durante longo período e, assim, garantir a saúde e a segurança do ambiente”, disse Marcondes.

No ParkShopping São Caetano, a ação também vai até o fim do isolamento físico. No momento, são 40 marcas participantes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;